Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/02/20 às 10h01 - Atualizado em 14/02/20 às 15h25

Ações diárias da Vigilância Ambiental reforçam proteção contra a dengue

COMPARTILHAR

Combate ao Aedes é feito permanentemente pelas equipes de saúde

 

Ações diárias têm sido implementas pelas equipes de Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde em diferentes pontos do Distrito Federal, para eliminar os focos do Aedes aegypti. O combate tem sido permanente, e em larga escala, para evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue, zika e chicungunya.

 

Nesta quinta-feira (13), por exemplo, o Núcleo de Vigilância Ambiental de Sobradinho visitou o terreno de uma das delegacias da região administrativa. Devido ao período de chuvas, o objetivo foi analisar a possibilidade de focos em carros estacionados no local.

 

“O combate é permanente e a delegacia é um ponto estratégico monitorado com frequência pela equipe. O trabalho da Vigilância Ambiental é contínuo, e os monitoramentos são realizados com periodicidade, levando em consideração os dados epidemiológicos”, explicou o responsável pelo Núcleo de Vigilância Ambiental de Sobradinho, Roberto Cândido.

 

FORÇA-TAREFA – Mais ações estão em curso no DF. Uma nova força-tarefa será realizada no próximo sábado (15) para combater a proliferação do vetor transmissor da dengue. Desta vez, a mobilização será realizada nas regiões administrativas do Riacho Fundo I, Fercal, Sobradinho II, Vila Planalto e Arapoanga.

 

A última mobilização ocorreu no início de fevereiro, em Ceilândia, Pôr do Sol, Sol Nascente, Samambaia, Taguatinga e Brazlândia. Um total de 5.382 imóveis foram visitados por cerca de 700 militares do Corpo de Bombeiros.

 

Leandro Cipriano, da Agência Saúde

Fotos: Breno Esaki e Geovana Albuquerque/Saúde DF