Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/11/18 às 8h08 - Atualizado em 1/11/18 às 18h20

Campanha Novembro Azul alerta sobre câncer de próstata

 

Começa, nesta quinta-feira (1º), a campanha Novembro Azul de prevenção ao câncer de próstata. A iniciativa é mundial e tem o objetivo de conscientizar as pessoas para a necessidade do diagnóstico precoce da doença.

 

No Distrito Federal, estima-se a ocorrência de 78,14 casos da doença por grupo de 100 mil habitantes até o final deste ano.

 

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), em 2018, haverá no Brasil, 68.220 registros. “O câncer de próstata é, inicialmente, assintomático. Por isso, é importante o exame rotineiro para fazermos o diagnostico em estágios inicias, quando a chance de cura é grande”, explicou o urologista oncológico do Instituto Hospital de Base, João Ricardo Alves.

 

NÃO ESPERE – Segundo o especialista, quando o câncer de próstata gera sintomas, geralmente, está associado aos estágios mais avançados da doença, o que dificulta a possibilidade de cura. Na lista dos sinais estão: sangramento presente na urina, dificuldade para urinar, perda de peso e dor óssea.

 

O chefe da Unidade de Urologia do Instituto Hospital de Base e diretor-presidente da Sociedade Brasileira de Urologia, Sessão DF, Guilherme Coaracy, ressaltou que os homens também precisam submeter-se à investigação médica para diagnosticar outros possíveis problemas.

 

“Na avaliação urológica, não focamos somente no câncer de próstata, mas na saúde masculina como um todo. Verificamos se há hiperplasia (aumento do tamanho) da próstata, alterações hormonais, disfunção erétil e outros distúrbios sexuais, bem como cálculos renais e saúde dos rins, entre outros”, complementou.

 

A programação da campanha nas unidades de saúde será divulgada em breve.

 

 

Ailane Silva, da Agência Saúde, com Informações do Ministério da Saúde, Inca e Sociedade Brasileira de Urologia

Arte: Rafael Ottoni