Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/06/15 às 18h22 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Casos de dengue diminuem 27,71% no DF

COMPARTILHAR

Redução, registrada na comparação ao mesmo período do ano passado, é resultado de ações da Saúde para prevenir a doença e conscientizar os brasilienses

BRASÍLIA (30/6/15) – De janeiro até o ontem (29), o número de casos confirmados de dengue em Brasília diminuiu 27,71% se comparado ao mesmo período de 2014. Foram 7.415 contra 10.527 ocorrências registradas da doença, respectivamente. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira pela Secretaria de Saúde.

A redução, de acordo com a secretaria, é resultado de diversas ações que o governo tem promovido para prevenir a enfermidade e conscientizar a população. Um exemplo é o reforço do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal no combate à doença. De fevereiro a maio deste ano, a corporação visitou 33.543 casas e eliminou 3.482 focos do mosquito transmissor, o Aedes aegypti.

O boletim epidemiológico da Saúde mostra que a maior quantidade de casos confirmados, por local de moradia, ficou concentrada em Planaltina (1.948), no Gama (684) e em Ceilândia (539). As três regiões somam 3.171 ocorrências (43% do total no DF).

Em relação ao número de mortes de pacientes por dengue, o documento revela que, no período analisado, houve 11 casos: nove eram moradores do DF, um de Goiás e o outro de Minas Gerais. Na mesma época, em 2014, registraram-se 20 óbitos — 13 do Distrito Federal e sete de outras unidades da Federação.

Prevenção – Algumas administrações regionais prosseguem com intervenções para identificar e eliminar possíveis focos de transmissão. Na Estrutural e no Recanto das Emas, agentes de saúde passam regularmente nas casas.

Nesta semana, de 1º a 3 de julho, dez agentes de saúde de Brazlândia vão apoiar o trabalho da Vigilância Ambiental do Lago Norte. Durante os três dias, as equipes coletarão larvas do mosquito em algumas residências para fazer um levantamento e, com base nos resultados, direcionar iniciativas mais eficientes no enfrentamento à dengue.

De 6 a 10 de julho, no Varjão, das 8 às 18 horas, a administração regional, em parceria com o Serviço de Limpeza Urbana, distribuirá fôlderes e conversará com os moradores. O intuito é conscientizá-los, por exemplo, sobre como o armazenamento inadequado de entulhos pode contribuir para a disseminação da doença.

Veja aqui o Boletim Epidemiológico