Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/08/19 às 12h55 - Atualizado em 2/08/19 às 12h58

Com novas contratações, Iges-DF atinge 1,6 mil admitidos

COMPARTILHAR

 

Solenidade de integração dos novos profissionais aconteceu na Câmara Legislativa e deputados elogiaram modelo de gestão

 

O Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF) atingiu 1,6 mil contratações de profissionais de saúde, com a incorporação de mais 269 novos profissionais. O grupo foi recebido em solenidade no auditório da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), nesta quinta-feira (1º de agosto).

 

Presente à solenidade, o presidente da CLDF, Rafael Prudente, elogiou o Iges-DF, que é, atualmente, uma das entidades que mais contrata.

 

“Quando visitamos as regiões administrativas do DF, ouvimos muito falar em desemprego e saúde. Por isso, esta casa está feliz por ter votado no projeto de lei que está ajudando a mudar a vida das pessoas com a oferta de emprego, aquecendo a economia e fortalecendo a saúde pública”, ressaltou Rafael Prudente.

 

O parlamentar reafirmou que a CLDF é parceira do Iges-DF e contribuirá com emendas parlamentares para a construção de mais seis UPA no DF e, ainda, com a destinação de verbas para o instituto fazer investimentos nesse novo modelo de gestão, que já está elevando a qualidade dos serviços de saúde prestados à população.

 

Entre os novos profissionais estão médicos, técnicos de enfermagem, técnicos em laboratório, farmacêuticos, assistentes administrativos, e analistas, além de técnicos e assistentes de diversas outras áreas. Eles reforçarão o atendimento nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA), Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) e Hospital de Base (HB).

 

“Estamos recebendo os novos colaboradores de braços abertos para contribuir com o maior complexo hospitalar da América Latina, que possui mais de 1,2 mil leitos. O instituto está focado em contratar pessoas e reabastecer suas unidades de medicamentos e insumos, mas pedimos, acima de tudo, dedicação e humanização do atendimento. Cuidem da população do Distrito Federal”, disse o diretor-presidente do Iges-DF, Francisco Araújo, ao lado do secretário adjunto de Saúde, Sérgio Costa.

 

O vice-presidente da CLDF, o deputado Rodrigo Delmasso (PRB), ressaltou que acredita nesse modelo de gestão e, por isso, já está tramitando na casa um projeto de lei de sua autoria para que o Hospital Regional do Guará (HRGU) também faça parte do Iges-DF.

 

“Falar sobre o Iges-DF é uma grande alegria. Espero que esse projeto chegue a todos os hospitais, porque a população não aguenta mais entrar em um hospital e não ser atendida ou ficar horas esperando”, complementou.

 

CONTRATAÇÃO – O Iges-DF abriu, em maio, processo seletivo para preencher 2.420 vagas em aproximadamente 40 cargos e formar cadastro de reserva para UPA, Base e HRSM. Neste mês, mais 270 vagas foram abertas para bioquímicos, engenheiros, enfermeiros, médicos de 14 especialidades e técnicos de segurança do trabalho.

 

As contratações são feitas pelo regime de Consolidação de Leis do Trabalho (CLT), sendo que o chamamento prioritário é de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem.

 

Do Iges-DF

Foto: Davidyson Damasceno/Iges-DF