Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/03/15 às 20h18 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Secretários de saúde se reúnem em Assembleia

COMPARTILHAR

Judicialização na saúde foi um dos temas debatidos durante encontro

BRASÍLIA (25/3/15) – O Conselho Nacional de Secretários de Saúde reuniu-se nesta quarta-feira (25) em sua terceira assembleia do ano. Na ocasião foi eleita a nova diretoria para a gestão 2015/2016, tendo como presidente o secretário de Saúde do Amazonas, Wilson Duarte Alecrim. ? João Batista de Sousa, titular da pasta do DF, esteve presente e participou das discussões do evento. ?

Durante o encontro foram entregues aos secretários de Saúde duas publicações, uma contendo informações sobre unidades de pronto atendimento e outra com levantamento da organização, estrutura e ações de recursos humanos das secretarias de estado. Foi unânime a opinião de que as UPAs ajudam a diminuir as filas das emergências de hospitais.

Um dos temas mais debatidos durante a assembleia foi a judicialização na saúde. O assunto foi lançado pela conselheira Deborah Ciocci, supervisora do Fórum Nacional do Judiciário para a Saúde do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Segundo Deborah Ciocci, do CNJ, dados apontam que o maior índice de judicialização está na área de medicamentos?, fato comprovado durante fala dos secretários de ?e?stado. O gestor da pasta em Minas Gerais, Fausto Pereira, foi um dos que citou o problema e reclamou do processo burocrático de compra que às vezes atrasa a chegada de alguns itens.

ASSISTÊNCIA? ?- Para tentar diminuir a judicialização, foi citado pelo conselheiro Gilmar Assis, do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), a criação ou fortalecimento de Núcleos de Apoio Técnico ou câmaras técnicas nos estados. A função deste núcleo é dar suporte de especialistas ao judiciário. Deborah Ciocci, do CNJ, citou o exemplo de Araguaína (TO), que tem dado resultado, graças à parceria da prefeitura, do judiciário, do Ministério Público e da Defensoria Pública.