Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/06/19 às 12h16 - Atualizado em 26/06/19 às 12h20

Design Sprint estimula inovação entre médicos e enfermeiros

COMPARTILHAR

Docentes participaram de oficina por três dias em busca de inovação

 

Professores da Escola de Medicina e de Enfermagem da Escola Superior de Ciências da Saúde (Escs) participaram, durante três dias, de uma oficina no laboratório do Inova-SES com a metodologia Design Sprint. O objetivo foi estimular os participantes a ter novas ideias para desenvolver o Encontro de Medicina e Enfermagem, que a escola promove há 13 anos.

 

“Inicialmente, o objetivo do evento era divulgar os trabalhos que os estudantes produziram durante o ano, além de divulgar os trabalhos de iniciação cientifica. Achávamos isso pouco e queríamos fazer um evento maior, com inovação. Por isso, estamos fazendo este planejamento para saber até onde expandir, o que é possível fazer, o que temos de fomento para o evento”, explica a gerente de Desenvolvimento Docente e Discente do curso de graduação da Escs, Marta Peralba. Foi ela quem procurou o laboratório para fazer a oficina.

 

De fato, é isso que a oficina procura. “Através da metodologia Design Sprint, buscamos a possibilidade de, com uma maneira rápida, fazer com que repensem o evento e se realmente estão atingindo as necessidades dos envolvidos”, destaca uma das facilitadoras e diretora de Desenvolvimento Organizacional, Gilmara Hussey.

 

A oficina é uma imersão de três dias. No primeiro dia, puderam aplicar questionário e formulário nos atores envolvidos no evento, estudantes e gestores. “Eles pegaram essas informações e consolidaram, numa etapa da metodologia chamada mapa de empatia, para que pudessem entender as fraquezas do evento e os ganhos, quando se projetam melhorias”, explica Gilmara.

 

No segundo dia, fizeram o planejamento para que, no terceiro dia tivessem um protótipo do evento e pudessem apresentar aos envolvidos e verificar a reação, checando o que daria certo.

 

Para o médico e docente da Escs, Sérgio Fernandes, participar da oficina é um grande ganho não somente para a preparação para o EME, mas também para outros projetos na Saúde. “É a oportunidade de tirar a gente da zona de conforto e elaborar o evento sem vícios de anos anteriores”, frisa.

 

LABORATÓRIO – A metodologia Design Sprint também já foi usada para a criação do próprio laboratório do Inova-SES e para a criação da minuta da Política de Saúde do Trabalhador do DF.

 

Áreas da Saúde que desejarem participar das oficinas do Inova-SES podem entrar em contato pelo e-mail inova.ses@saude.df.gov.br. Outras informações sobre a rede podem ser acessadas no site http://www.inova.saude.df.gov.br.

 

 

Alline Martins, da Agência Saúde

Fotos: Mariana Raphael/Saúde-DF