Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/01/21 às 15h24 - Atualizado em 22/01/21 às 16h16

Equipe do Samu faz surpresa para idosa após atendimento

COMPARTILHAR

Sozinha em pleno aniversário, os profissionais compraram um bolo e cantaram parabéns para a idosa

 

JURANA LOPES,

DA AGÊNCIA SAÚDE-DF

 

Após o atendimento, a equipe do Samu aproveitou e fez uma surpresa para a paciente – Foto: Divulgação

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) surpreendeu, nesta quinta-feira (21), uma paciente em pleno dia de seu aniversário com um bolo surpresa. A equipe foi acionada para atender o caso de uma idosa com crise de lombalgia, em Ceilândia.

 

Quando chegaram à residência de dona Mariana Fernandes, de 63 anos, a equipe percebeu que a idosa estava bastante chorosa. “Quando chegamos lá, percebemos que além da dor, ela estava muito emotiva, não pela dor, mas por estar sozinha”, relata Eslanny Alvarenga, enfermeira do Samu-DF. Segundo ela, durante o atendimento, a idosa contou que era seu aniversário e que era um presente para ela a equipe estar lá.

 

De acordo com a profissional, ela e os colegas sensibilizaram-se com a situação da idosa e perceberam que poderiam fazer mais o atendimento assistencial à saúde. Após finalizarem a medicação, eles foram até a padaria mais próxima e compraram bolo, velas, e refrigerante.

 

 

Um bolo surpresa para comemorar os 63 anos da paciente que foi atendida pelo Samu – Foto: Divulgação

“Voltamos para cantar os parabéns como ela merecia. Ela ficou tão feliz que até chamou a vizinha para participar, pediu foto porque não acreditariam nela se contasse”, relembra a enfermeira. Além dela, participaram da surpresa a técnica de enfermagem Elisângela Nunes e o condutor da ambulância Jonas Ferreira da Silva.

 

Mariana Fernandes completou 63 anos no dia 21 de janeiro e relatou que se sente muito só, pois mora sozinha e não tem ninguém para fazer companhia e nem ajudá-la nos afazeres domésticos. Nos dias que ela sente dores, às vezes fica até sem cozinhar.

 

Para ela, a solidão é a pior parte, pois “dói ser sozinho”. Questionada sobre como se sentiu com a surpresa preparada pela equipe do Samu-DF, ela disse que ficou imensamente feliz e que a equipe alegrou seu coração.

 

“Ontem fiquei imensamente feliz. Foi meu aniversário e as meninas do Samu me atenderam com muito carinho, foram muito amorosas, ainda cantaram parabéns para mim. Foi tudo muito lindo, uma benção de Deus”, afirma emocionada.