Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/10/19 às 11h23 - Atualizado em 24/10/19 às 17h48

Farmácia de alto custo do Gama completa dois anos

COMPARTILHAR

Para celebrar, será oferecido atendimento farmacêutico aos servidores

 

Em comemoração aos dois anos da Farmácia do Componente Especializado do Gama, os farmacêuticos da unidade irão atender os servidores do local nesta quinta-feira (24). Além do cuidado com os colegas, a ação tem o objetivo de apresentar aos técnicos administrativos e aos auxiliares operacionais como funciona o Projeto Cuidado Farmacêutico.

 

 “Sabemos da necessidade de incluir e capacitar os técnicos para que eles possam identificar e captar os pacientes que precisam do serviço. Para isso, eles precisam entender no que consiste o cuidado farmacêutico, que é algo novo para a maioria das pessoas. Foi aí que surgiu a ideia de atendê-los no serviço para que entendam como se dá nossa atuação”, explica a chefe da unidade, Isis Andrade.

 

PROJETO – O Cuidado Farmacêutico é um serviço que vem sendo implantado, na Secretaria de Saúde do DF, pela Diretoria de Assistência Farmacêutica desde 2015. Envolve a capacitação e o empoderamento para atuação clínica do farmacêutico. Segundo Isis, o cuidado vem sendo realizado em algumas unidades básicas de saúde, incluindo alguns farmacêuticos clínicos nos hospitais.

 

Já no Componente Especializado da Assistência Farmacêutica, foi iniciada a capacitação por meio do “Projeto de Implantação da Rede de Apoio à Assistência Farmacêutica do SUS: Expansão do cuidado  farmacêutico e do uso racional de medicamentos”, uma iniciativa do Ministério da Saúde.

 

O órgão federal elegeu o Distrito Federal e três estados para a fase piloto do projeto. Por aqui, está sendo conduzido nos núcleos de farmácias do Componente Especializado  do Gama e da Asa Sul. “O objetivo geral é expandir e desenvolver o serviço de acompanhamento farmacoterapêutico, no âmbito do cuidado farmacêutico no SUS, com o intuito de obter resultados clínicos, econômicos e humanísticos, tanto para o usuário de medicamentos quanto para o sistema de saúde”, explica Isis.

 

O projeto consiste na capacitação do profissional farmacêutico para contribuir, junto à equipe multidisciplinar de saúde, em todos os aspectos da farmacoterapia do paciente. Inicialmente, foi escolhida a patologia artrite reumatóide, que servirá de modelo da capacitação para as outras patologias atendidas.

 

“Na consulta inicial, conhecemos o paciente, suas queixas, as comorbidades, se houver, conversamos sobre sua patologia, passamos as informações pertinentes quanto aos medicamentos que utilizará, organizamos os horários de utilização de cada medicamento, identificamos problemas relacionados a eles, dentre outros aspectos, promovendo educação em saúde e colhendo os dados para uma visão integral do estado de saúde do paciente”, detalha Isis. Em dois anos, somente na unidade do Gama, 171 pacientes foram atendidos em 358 consultas.

 

Nas consultas subsequentes, é feito o acompanhamento da doença, verificando se o paciente está alcançando os benefícios esperados com a terapia e se está apresentando reações adversas prejudiciais e evitáveis. “Assim, propomos intervenções aos prescritores e a outros profissionais de saúde a fim de melhorar a resposta ao tratamento e a qualidade de vida, a longevidade e o estado de saúde dos pacientes”, finaliza.

 

ATENDIMENTOS – A Farmácia de Alto Custo do Gama foi inaugurada em 30 de outubro de 2017. Funciona em terreno cedido pela Secretaria de Fazenda. No local, atuam 28 servidores, sendo oito farmacêuticos. Nesses dois anos, foram registradas 106.633 entregas de medicamentos e dispensadas 7.892.118 unidades de remédios no valor de R$ 74.333.402,50.

 

Alline Martins, da Agência Saúde 

Fotos: Matheus Oliveira/Arquivo SES