Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/05/19 às 14h02 - Atualizado em 31/05/19 às 11h38

Feira dos Importados fará ações educativas no Dia Mundial sem Tabaco

COMPARTILHAR

Tema deste ano será “Tabaco e saúde pulmonar”

 

Em comemoração ao Dia Mundial Sem Tabaco, celebrado na sexta-feira (31), a Secretaria de Saúde promoverá, na Feira dos Importados, das 9h às 16h, ações educativas voltadas à conscientização da população quanto aos prejuízos provocados pelo tabagismo.

 

Na ocasião, a equipe técnica do Programa de Controle de Tabagismo da pasta realizará atividades para chamar a atenção do público circulante, com a realização de testes de dependência à nicotina, aferição da pressão arterial, medida da circunferência abdominal, orientação nutricional, teste da capacidade respiratória, dosagem de monóxido de carbono e encaminhamentos às unidades de atenção ao tabagista da rede.

 

“Por meio dessas ações, tentamos sensibilizar os fumantes a pararem de fumar. Abordamos sempre os malefícios do cigarro, aplicamos testes que avaliam o grau de dependência química da nicotina nas pessoas, além de distribuir panfletos com tratamento gratuito contra o tabagismo”, explicou a Referência Técnica Distrital (RTD) do Programa de Tabagismo da Secretaria de Saúde, Bianca Rodrigues.

 

TEMA – O tema da campanha desse ano, escolhido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), é Tabaco e saúde pulmonar. O objetivo é aumenta a conscientização sobre o papel fundamental que os pulmões desempenham na saúde e no bem-estar de todas as pessoas.

 

Dados da OMS apontam que o tabaco fumado, em qualquer uma de suas formas, é responsável por até 90% de todos os cânceres de pulmão.

 

No Brasil, 428 pessoas morrem por dia por causa da dependência à nicotina. Estima-se que R$ 56,9 bilhões são perdidos, a cada ano, em virtude de despesas médicas e perda de produtividade, com 156.216 mortes anuais que poderiam ser evitadas. O maior peso é dado pelo câncer, doença cardíaca e por doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC).

 

TRATAMENTO – Pela Secretaria de Saúde, há 69 unidades que ofertam tratamento gratuito a fumantes, distribuídas por todas as regionais de Saúde. Confira a lista completa aqui.

 

“Em 2018, foram registrados 2.171 atendimentos nas unidades, dos quais cerca de 40% dos pacientes deixaram de fumar na quarta e última sessão, um índice de sucesso maior que a média encontrada na literatura médica, de 35%”, informa Bianca Rodrigues.

 

Durante os atendimentos, os usuários são orientados a buscar as unidades mais próximas de sua residência ou do trabalho. Todos os participantes recebem adesivo de nicotina e 30% deles, por indicação após avaliação médica, podem usar o medicamento.

 

Clique aqui e saiba mais sobre o assunto.

 

 

Leandro Cipriano, da Agência Saúde