Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/06/15 às 10h51 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Força-tarefa de combate à dengue ficará um mês em Planaltina

COMPARTILHAR

Objetivo é eliminar possíveis focos do mosquito transmissor da doença

BRASÍLIA (19/6/15) – Uma força-tarefa de combate à dengue foi iniciada na manhã da última quinta-feira (18), em Planaltina, e permanecerá por aproximadamente um mês para eliminar focos do mosquito Aedes Aegypti, limpar a cidade com o recolhimento de entulhos e inspecionar casas e terrenos baldios.

Planaltina ainda lidera o ranking de cidades com maior número de casos. Foram 1.710 casos confirmados neste ano, de acordo com o boletim epidemiológico deste mês. Apesar de a quantia queda representar diminuição de 10% em relação ao mesmo período de 2014, quando foram 1.903 registros, Planaltina está muito à frente do Gama, a segunda região administrativa com mais casos (657 registros).

“Por isso, vamos fazer uma ação mais intensa, inclusive, vamos recolher o lixo e aplicar multa no caso de moradores que sujarem a cidade novamente. Isso será feito em parceria com a Agefis”, destacou a coordenadora-geral de Saúde de Planaltina, Mônica Rocha Rodrigues. Segundo ela, serão 30 caminhões para recolher os entulhos durante todo o mês.

Além disso, pontos estratégicos de irão receber a visita de agentes de vigilância ambiental e de saúde comunitária, começando pelo setor Mestre D'armas, passando também pela Arapoanga, Vale do Amanhecer e Buritis.

Com apoio da Polícia Militar, as equipes entrarão com ordem judicial em locais fechados para fazer a limpeza e eliminar focos. Nas residências, os moradores receberão orientações sobre como evitar a proliferação do mosquito.

Também são parceiros da força-tarefa a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), Serviço de Limpeza Urbana (SLU), e administração regional.