Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/08/15 às 18h40 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Gerência de Biologia Médica realiza diagnóstico de doenças

COMPARTILHAR

Unidade faz parte do Laboratório Central de Saúde Pública do DF

BRASÍLIA (20/8/15) – A Gerência de Biologia Médica (GBM) realiza diagnóstico e controle de agravos de grande importância à saúde pública do DF. Doenças como, HIV, hepatites (A, B e C), dengue, febre amarela, tuberculose, hanseníase, coqueluche, meningites, leishmanioses, influenza e malária, entre outras, fazem parte do escopo analítico da gerência.

Os laboratórios contam com equipamentos de última geração e realizam técnicas convencionais e moleculares para diagnósticos de doenças bacterianas, virais, fúngicas e parasitárias. As análises dos técnicos também colaboram com programas de diagnóstico e monitoramento terapêutico do Ministério da Saúde, além de possibilitar a inclusão da gerência como um dos centros de referência em resistência bacteriana no Brasil.

“Para manter e aprimorar a excelência no diagnóstico laboratorial de doenças com impacto na saúde pública, a GBM busca a atualização de suas análises e implementação de novos exames”, destaca o diretor do Lacen, Eduardo Filizzola.

A Gerência de Biologia Médica é composta pelos núcleos de Bacteriologia, Técnicas Especiais, Virologia, Parasitologia e Micologia. Também faz parte do Laboratório Central de Saúde Pública do DF e seu trabalho é realizado juntamente com a Subsecretaria de Vigilância à Saúde (SVS) e toda rede integrada da Subsecretaria de Atenção à Saúde (SAS).