Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/04/13 às 15h29 - Atualizado em 30/10/18 às 15h05

HBDF recepciona 119 residentes

COMPARTILHAR

Residência Médica no hospital contempla 53 especialidades

O Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) recepcionou, esta semana, 119 residentes que atuarão em diversas áreas. Em solenidade na manhã de terça-feira (23), o diretor-geral da instituição, Julival Ribeiro, destacou a importância desses profissionais no mercado de trabalho. “Tudo pode começar aqui. Só depende de cada um. O secretário de Saúde, Rafael Barbosa foi residente neste hospital e o governador Agnelo Queiroz teve seu início de carreira nos quadros da residência médica do Base. Isso indica a importância desse programa, que é muito maior do que imaginam. E vocês chegaram em um bom momento. Estamos em plena transformação. Somos referência nacional em alta complexidade e exemplo a ser seguido na neurocardiovascular, trauma e outras especialidades”, disse Julival.

Desde a sua inauguração, o Hospital de Base tem Programas de Residência Médica, que nos dias atuais contempla 53 especialidades, destacando-se como um grande polo formador de profissionais de saúde para o SUS. “Desde o ano de 2001, temos Residência em Enfermagem, que engloba seis Programas. Em 2005 surgiu o Programa de Residência em Odontologia e Cirurgia Bucomaxilofacial. Estamos no segundo ano de Residência em Fisioterapia, em Nutrição e em Psicologia. Residência médica começou ainda na década de 70”, disse a coordenadora de ensino e pesquisa no HBDF, Alba Mirindiba Bonfim Palmeira. 

O HBDF registra, hoje, um total de 311 residentes, sendo o maior contingente, 260 na área de Medicina e 51 nas demais áreas de saúde. Desse total, 119 são R1, ou seja, estão iniciando seus Programas de Residência nesses primeiros meses de 2013. São 91 nas diversas especialidades de Medicina, 12 de Enfermagem, dois de Odontologia e Cirurgia Bucomaxilofacial, quatro de Fisioterapia, oito de Nutrição, e dois de Psicologia. 

O HBDF tem ainda recebido, a cada ano, graduandos de diversas áreas de saúde, oriundos da Escola Superior de Ciências da Saúde – ESCS, da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da saúde – FEPECS e das Instituições de Ensino Superior conveniadas com a Secretaria de Saúde do Distrito Federal. Também acolhe estudantes de cursos técnicos das áreas de Enfermagem e de Radiologia; além de desenvolver treinamento em serviço. A Pesquisa Clínica também está inserida no contexto do HBDF, inclusive com protocolos internacionais. 

Apesar de uma história antiga ligada ao ensino, somente a partir do ano de 2007 o HBDF ostentou o título de Hospital de Ensino, quando foi certificado como tal junto aos Ministérios da Educação e Saúde. A certificação trouxe vários benefícios para o Hospital de Base, que passou a utilizar indicadores de qualidade, como ferramenta de gestão: assistência de qualidade aliada ao ensino e pesquisa.

 

José Roberto Bueno