Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/07/13 às 22h36 - Atualizado em 30/10/18 às 15h06

Governo investe R$ 3 milhões na reforma do HMIB

COMPARTILHAR

O Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Saúde do DF (SES/DF), começou a reestruturar a sala de espera da Emergência da Pediatria do Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB), que faz parte de uma reforma geral que a Unidade vai receber até final de 2013.

Para o secretário de saúde, Rafael Barbosa, a reforma do HMIB faz parte das melhorias propostas na saúde pública do DF. “Serão gastos em torno de três milhões a partir de um convênio com a Caixa Econômica Federal para melhor atender os usuários e proporcionar um ambiente de trabalho mais aprazível”, afirmou.

As reformas foram iniciadas para adequar a Unidade às exigências do Programa Nacional de Humanização da Diretoria de Vigilância Sanitária.

De acordo com a coordenadora geral de saúde da Asa Sul, Roselle Bugarin Steenhouwer, esse será o primeiro passo para melhor receber os pacientes. “Estamos melhorando a qualidade do serviço de saúde. Essa reforma vai fazer com que as pessoas que utilizam o HMIB possam receber um atendimento de qualidade em um ambiente ainda mais agradável”, disse.

Entre as obras previstas, para este ano, será renovada a pintura externa do Hospital, troca do piso da Emergência da Pediatria por um emborrachado e antiderrapante, remodelagem do guichê de atendimento, criação de uma sala de banho mais estruturada para atender as crianças, entre outras ações.

Para o diretor do HMIB, João Rocha Vilela, a reforma é necessária, pois somos referência em saúde. “Resolvemos fazer essas melhorias por se tratar de uma Unidade que chega a atender cerca de 6 mil crianças por mês, vinda de várias cidades do DF e entorno”, relatou.

As mudanças no HMIB começaram em maio deste ano com a criação da UTI Materna. Outra novidade será a criação da casa para receber o projeto da Mãe Nutriz, que vai ajudar as mães que necessitam de um local para ficar durante o período de internação do filho na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) e a criação da Unidade Canguru.

Reformas no Hospital Materno

O HMIB foi inaugurado em 1966 e já passou por cinco ampliações e várias manutenções durante os 47 anos de existência. Em 1998 foi realizada a última ampliação com a inauguração do Bloco Materno Infantil. Com esta nova extensão o hospital direcionou o enfoque clínico para o atendimento da saúde da mulher e da criança e buscou investir no parto normal dito parto sem intervenção cirúrgica. Em 2013 a prioridade é adequar a estrutura a crescente demanda que o hospital recebe.

 

Ana Luiza Greca e Ludmila Mendonça