Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/08/19 às 13h52 - Atualizado em 14/08/19 às 9h46

Hospitais de Sobradinho e Planaltina passarão por reformas e ampliação

COMPARTILHAR

Obras garantirão mais 77 leitos à população da Região de Saúde Norte

 

Ao participar da entrega de 10 leitos e de um consultório na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sobradinho, nesta segunda-feira (12), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, anunciou o andamento de obras importantes na região norte. Entre elas, da reforma do Hospital Regional de Sobradinho (HRS), e da construção de um bloco anexo ao Hospital Regional de Planaltina (HRPL), que podem garantir, juntas, mais 77 leitos à população.

 

“Já temos em andamento um trabalho de reforma da Emergência do hospital de Sobradinho, cuja licitação está para ser liberada”, ressaltou o governador, acompanhado do secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto.

 

O chefe do Executivo local frisou, ainda, a importância da ampliação do HRPL, com a criação de um bloco com 45 leitos, sendo 10 deles para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Dessa forma, os quase 180 mil moradores de Planaltina terão reforço na estrutura de saúde. “[O novo bloco] também terá hemodiálise e aumento do atendimento ambulatorial, para suprir a rede pública com tudo o que a população precisa”, destacou Ibaneis.

 

Ainda em Sobradinho, o governador aproveitou a oportunidade para visitar a Clínica da Família, localizada ao lado da UPA. Na ocasião, ouviu os pedidos dos gestores para fazer um cercamento ao redor da unidade. “Já determinei à Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) para entregar essa obra no prazo de 30 dias”, pontuou.

 

LEITOS – Estimado inicialmente em R$ 12 milhões, o edifício anexo do HRPL vai disponibilizar leitos de clínica médica, pediatria, além do serviço de hemodiálise, que não existe em Planaltina. “Também terá um ginásio para fisioterapia conectado ao prédio atual, justamente para dar facilidade no tratamento dos pacientes do centro-cirúrgico e de todas as alas do hospital”, informou o superintendente da Região de Saúde Norte, Ricardo Mendes.

 

Quanto ao HRS, o superintendente destacou que, com a reforma, a expectativa é abrir mais 32 leitos de clínica medica no pronto-socorro do hospital. “Estamos caminhando, passo a passo, para poder dar um suporte melhor tanto à população como uma retaguarda aos pacientes atendidos na UPA, para serem encaminhados ao hospital e terem seus leitos de internação garantidos”, disse.

 

ANDAMENTO – Atualmente, tanto a reforma no HRS quanto a construção do bloco anexo no HRPL estão em trâmite na Novacap. O órgão é responsável pelo desenvolvimento dos projetos complementares e pela planilha orçamentária.

 

“Os processos já foram autorizados pela Diretoria de Vigilância Sanitária e pelo Corpo de Bombeiros. Agora, estão nos trâmites para obedecerem a legislação vigente, até que seja publicada a licitação”, informou Ricardo Mendes.

 

A previsão é de que as licitações dos novos espaços sejam divulgadas ainda neste semestre, garantiu o superintendente. “Assim que forem publicadas, 30 dias depois devemos começar as obras”, completou.

 

Leandro Cipriano, da Agência Saúde
Fotos: Breno Esaki/Saúde-DF