Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/02/15 às 13h56 - Atualizado em 30/10/18 às 15h11

Hospitais promovem ações contra a violência no carnaval

COMPARTILHAR

faixa carnaval 2015-01

O objetivo é diminuir os registros de casos nesse período

BRASÍLIA (13/2/15) – A Secretaria de Saúde do Distrito Federal promove, até a próxima semana, a Campanha de Prevenção à Violência no Carnaval, nas emergências dos 14 hospitais regionais. Durante a ação, coordenada pelo Núcleo de Estudos e Programas na Atenção e Vigilância em Violência (Nepav), serão distribuídos folders e realizadas rodas de conversa.

Com o slogan “Carnaval é diversão. Violência é crime. Faça parte do bloco do bem! Notifique!”, o objetivo é reduzir os casos de violência, que aumentam as festividades carnavalescas. Só no ano de 2014, foram 2 mil notificações na Rede de Saúde da SES. Do total de casos, 701 foram registrados no primeiro trimestre no ano, o que inclui os meses de janeiro, fevereiro e março.

“Ocorre um aumento nos atendimentos às pessoas que sofreram violência nas Unidades de Saúde no período do carnaval. Isso ocorre por vários fatores: como o uso excessivo de álcool e drogas e a grande vulnerabilidade a que ficam expostas crianças, adolescentes e mulheres”, destacou a chefe do Nepav, Lucy Mary Stroher, ao citar o trabalho infantil, a violência física e sexual e o tráfico para fins de exploração.

Segundo a chefe, a rede de saúde estará preparada para uma intervenção imediata nas situações de violência, por intermédio de atendimento especializado e notificações feita pelos profissionais dos Programas de Atenção e Vigilância em Violência (PAVs).

Nas situações de violência sexual, a vítima deve procurar imediatamente a emergência de um hospital. Os profissionais farão o acolhimento e entregarão o Kit profilaxia que previne contra as DSTS, HIV e HEPATITE B. Para as mulheres, também será prescrita a contracepção de emergência.

Confira os dicas e formas de proteção para aproveitar o seu carnaval