Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/10/17 às 15h23 - Atualizado em 4/05/18 às 13h16

Hospitais

Os hospitais realizam atendimento especializado ou de média complexidade. É considerado o atendimento secundário no SUS. Nesses estabelecimentos podem ser realizados procedimentos de intervenção, tratamento de situações crônicas e de doenças agudas que necessitam de apoio especializado, quer seja de recursos materiais ou de recursos humanos. As unidades possuem atendimento ambulatorial e de emergência. Nas emergências, recebe pacientes das UPAs, das UBSs em caso de localidades que não possuem UPAs, bem como de pacientes que vem nas ambulâncias do Corpo de Bombeiros do DF e SAMU 192.

 

Requisitos para consulta:

Ambulatório:  o paciente deve ser encaminhado com agendamento prévio feito nas unidades básicas de saúde.

Emergencial: não há.

Documentos necessários para atendimento na emergência: sempre que possível, carteira de identidade.

Prestação do serviço: presencial.

Principais serviços:

Consultas médicas, realização e coleta para exames com encaminhamentos para especialidades. Em termos de disponibilidade tecnológica, os equipamentos presentes no nível secundário são mais sofisticados. Além do mais, podem haver também recursos para a realização de exames complexos.

Prioridade de atendimento:

Os hospitais utilizam a Classificação de Risco para organização do atendimento de acordo com a gravidade do paciente. Todas utilizam o Protocolo Manchester que utiliza cores para a sua devida identificação, que funciona da seguinte forma:

Vermelha – Emergência – Risco de perder a vida – Atendimento imediato;

Laranja – Muito urgente – Risco de perda de função de órgãos – Atendimento em até 10 minutos;

Amarelo – Urgente – Condição que pode se agravar sem atendimento – Atendimento em até 60 minutos;

Verde – Pouco Urgente – Baixo risco de agravo à saúde – Atendimento em até 120 minutos;

Azul – Não urgente – Sem risco. Encaminhamento à Unidade de Saúde de referência – Atendimento em até 240 minutos;

Na classificação de risco verde e azul, gestantes e os extremos de idade também são considerados fatores de agravos a saúde, assim, pacientes em qualquer idade gestacional, deficiente e idosos tem prioridade.

 

Horário de atendimento:

Ambulatório: 7h às 19h

Emergência:  24h

 


Unidades nas Regiões Administrativas

Asa Norte

Asa Sul

Brazlândia

Ceilândia

Gama

Guará

Paranoá

Planaltina

Samambaia

Santa Maria

Sobradinho

Taguatinga


Unidades de Pronto Atendimento

UPAS


Unidades de Atenção Psicossocial

CAPS 


Unidades de Referência Distrital

Instituto Hospital de Base do Distrito Federal

* As Unidades de Referência Distrital (URD) concentram processos de atendimento de alta complexidade e têm como característica dar suporte para toda a rede em especialidades específicas. Elas estão subordinadas a administração central, o que garante a gestão estratégica de serviços que são referência para a população do Distrito Federal.

 


Unidades de Referência Assistencial

 

Centro de Orientação Médico Psicopedagógica

Instituto de Saúde Mental