Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/07/13 às 14h17 - Atualizado em 30/10/18 às 15h06

HRAN investe na segurança dos pacientes

COMPARTILHAR

Alambrado facilita controle de fluxo e limita acesso

A direção do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN) providenciou a instalação de alambrado na área do lote que ainda não havia sido cercada. As obras, que custaram cerca de R$ 260 mil, visam melhorar os problemas sanitários e de segurança, e já estão em fase de conclusão.

Um grande problema que o hospital vinha enfrentando era o grande acúmulo de pessoas na lateral virada para o Pronto Socorro (PS). Com o alambrado, um dos objetivos da administração do HRAN é organizar o fluxo para que somente as pessoas que necessitam do atendimento emergencial e seus acompanhantes tenham o acesso aos serviços.

Para garantir a segurança dos usuários, serão instalados mais dois portões de acesso com guaritas; uma voltada para o Eixo W e outra, para a Via W1 Norte.

O diretor do HRAN, Valdir Nunes, acredita que gerenciar esse fluxo vai influenciar nos aspectos sanitários e de segurança. “Esse controle trará mais segurança, tanto para os pacientes que aguardam atendimento nas enfermarias, quanto para os que serão atendidos no ambulatório”, afirma.

O diretor explicou, também, que a venda de alimentos que ocorria na área facilitava a proliferação de roedores, baratas e pombos. “Esses animais atraem a atenção de outros insetos e aracnídeos, como o escorpião, podendo gerar inúmeras doenças. Com a nossa área devidamente cercada, fica mais fácil mantermos a segurança e a limpeza”, explica.

A partir de agora, todo acesso às dependências do hospital ficará sujeito ao conhecimento da segurança. A entrada dos pacientes de carro ou vindos em ambulância continuará liberada no Pronto Socorro, e a saída será monitorada para que a administração tenha o total controle do fluxo.

 

Lucas Carvalho