Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/01/14 às 10h00 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

Jovens grávidas recebem atendimento especial no Adolescentro

COMPARTILHAR

Pacientes são acompanhadas por equipe multidisciplinar

Pacientes grávidas atendidas no Adolescentro da 605 Sul contam agora com grupos de pré-natal especializado para sua faixa etária. Criado há seis meses, o programa atende jovens com até 18 anos que se enquadrem nos serviços oferecidos pela unidade (Programa de Violência Sexual e de Transtorno Mental Leve).

As jovens são atendidas por uma ginecologista, uma enfermeira e uma assistente social. Quando necessário, também realizam consultas com nutricionista, psiquiatra, neurologista e psicólogo.

Segundo a ginecologista do programa, Cecília Gomes Vianna, a criação do grupo facilitou a discussão dos casos entre os profissionais de saúde, melhorou o atendimento e organizou o fluxo do acolhimento.

“Nosso objetivo é fazer com que elas tenham uma maior vinculação com o pré-natal e acompanhar todo o processo da gestação com orientações profissionais e consultas especializadas voltadas para a problemática da gestação na adolescência”, comenta a ginecologista.

Os grupos são realizados uma vez por mês, sempre na segunda-feira à tarde, no próprio Adolescentro da Asa Sul. “Durante o encontro, as adolescentes tiram dúvidas sobre a gestação, amamentação, dificuldades, medo, conflitos familiares, assiduidade escolar e apropriação da gestação”, comenta a enfermeira, Ângela Maria Rosas Cardoso.

Pré-Natal

As consultas de pré-natal do Adolescentro, realizadas toda quinta-feira à tarde, são recomendas às menores de 18 anos que já participam dos programas da unidade, aquelas que se enquadrarem nos serviços do Adolescentro e para meninas com até 14 anos. Já os casos de pré-natal de risco são encaminhados ao Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB), por ser uma unidade de saúde especializada em casos graves.

“Atendemos apenas as pacientes que se enquadram nessas particularidades, pois somos um centro de saúde mental”, explica a assistente social, Stella Araújo. Para a servidora, o apoio e a proteção dessas gestantes são essenciais para saúde das mães e dos bebês.
Quem quiser saber mais sobre o programa pode tirar dúvidas por meio dos números: 3445-1855 e 3242-1447.

Por Ludmila Mendonça, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa:
(61) 3348-2547/2539 e 9682-9226