Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/05/14 às 13h59 - Atualizado em 30/10/18 às 15h11

Lúpus ocorre com mais frequência em mulheres

COMPARTILHAR

Doença pode afetar a pele, as articulações, os rins, o cérebro e outros órgãos

O Lúpus eritematoso sistêmico (LES) é uma doença autoimune que no longo prazo pode afetar a pele, as articulações, os rins, o cérebro e outros órgãos. De acordo com a coordenadora da Reumatologia do Hospital de Base do Distrito Federal, Jamille Carneiro, 90% dos casos da doença acontecem em pacientes do sexo feminino “Devido a alta produção de hormônios, o organismo feminino acaba fabricando substâncias nocivas para seu organismo e o anticorpo, que é um mecanismo de defesa, passa a ser um mecanismo de autoagressão”.

Os sintomas de lúpus podem variar de paciente para paciente e aparecer e desaparecer. É comum que pessoas com a doença apresentem dor e edema (inchaço) nas articulações e em alguns casos acabem até desenvolvendo artrite. As articulações mais afetadas são: dedos, mãos, punhos e joelhos. Outros sintomas da doença são: fadiga, febre sem outra causa, perda de cabelo, sensibilidade à luz do sol, feridas na boca entre outros.

Jamille Cordeiro explica que existem dois tipos de tratamento para a doença, o tratamento  não medicamentoso (indicado para pacientes sem gravidade) onde são usadas medidas gerais como, por exemplo, adotar proteção contra luz solar, e o tratamento medicamentoso onde os medicamentos são indicados dependendo do quadro apresentado pelo paciente.

É importante que o paciente que sofre com a doença tome cuidado para não contrair infecções. “Evitar grandes conglomerados ou agrupamentos de pessoas e o contato com portadores de doenças infecciosas, que possam ser transmitidas, é uma precaução válida e indispensável”, explica a reumatologista Jamille.

A dica é que o paciente fique bem atento aos sintomas da doença e se for constatado alguma anormalidade, o mesmo deve procurar um clínico geral em uma unidade de saúde mais próxima de sua casa. Se for constatada a doença, ele dará um encaminhamento para uma consulta com um reumatologista. As unidades de saúde que atendem a especialidade são: HBDF, HRAN, HRC, HRT, HRP, HRG,  HRS e HRT.

Bianca Lima