Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/05/19 às 9h24 - Atualizado em 14/05/19 às 9h26

Mais de 431 mil pessoas foram vacinadas contra o vírus Influenza no DF

COMPARTILHAR

 

 

Cobertura vacinal chegou a 54,6% e ficou acima da média nacional

 

Um total de 431.284 pessoas foram vacinadas no Distrito Federal durante a campanha de imunização contra o vírus Influenza. O quantitativo, registrado pela Secretaria de Saúde até esta segunda-feira (13), corresponde a 54,6% de cobertura vacinal do público-alvo, estimado em 768.354 pessoas.

 

“Estamos indo de acordo com o planejado e ficamos acima da média da cobertura vacinal do Brasil, que é de 53,88%. Ainda assim, é importante destacar que alguns grupos estão abaixo da meta estipulada. Por isso, precisam comparecer às unidades básicas de saúde para se vacinarem”, frisou a gerente da Imunização do DF, Renata Brandão.

 

Os grupos prioritários com menor cobertura vacinal são os da população privada de liberdade e dos funcionários do sistema prisional (23,4%), para as quais estão previstas ações de vacinação nesta semana. Logo depois, são os militares (29,6%), professores (43,6%) e portadores de doenças crônicas (44,1%).

 

Também devem se vacinar crianças e gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto (puérperas), pessoas com 60 anos ou mais de idade, indígenas, trabalhadores da saúde, bem como os adolescentes e jovens com idade entre 12 e 21 anos em medida socioeducativa, policiais civis e bombeiros.

 

Vale destacar que a Região de Saúde Centro-Sul já superou a meta de vacinação para o grupo de idosos, com 21.201 imunizados, o que representa 90,6% desse público-alvo na região.

 

SALAS DE VACINA – Ao longo da campanha, que vai até 31 de maio, 133 salas de vacina estarão abertas para a população no Distrito Federal.

 

O objetivo é reduzir as complicações, internações e mortalidade decorrentes das infecções provocadas pelo vírus da Influenza na população-alvo. É importante receber uma nova dose anual porque a composição da vacina muda de acordo com o vírus circulante.

 

A imunização é uma das medidas mais efetivas para a prevenção da gripe grave e suas complicações. As vacinas utilizadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), durante as campanhas, são constituídas por vírus inativados, fracionados e purificados. Portanto, são totalmente seguras e não causam a doença.

 

MINISTÉRIO DA SAÚDE – Apesar de o Ministério da Saúde apontar que o DF está com 54,43% de cobertura vacinal contra o vírus Influenza, e 418.199 vacinados, os dados ainda não foram atualizados na plataforma federal com base nas informações mais recentes da Secretaria de Saúde do Distrito Federal.

 

Leandro Cipriano, da Agência Saúde

Fotos: Breno Esaki/Saúde-DF