Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/06/13 às 14h00 - Atualizado em 30/10/18 às 15h06

No Dia Internacional de Combate às Drogas, o CAPS-AD só tem motivos para comemorar

COMPARTILHAR

O centro já atendeu, desde a criação em setembro de 2010, cerca de 21 mil pessoas e fez 31 mil procedimentos

No Dia Internacional de Combate às Drogas, o Centro de Atendimento Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS-AD) de Santa Maria só tem a comemorar os resultados positivos do trabalho realizado na unidade. O centro já atendeu, desde a criação em setembro de 2010, cerca de 21 mil pessoas e fez 31 mil procedimentos (consultas com psicólogos, informações sobre o tratamento, entre outros).

Criado em 14 de setembro de 2010, a equipe do centro é formada por psicólogo, assistentes sociais, psiquiatras, técnicos de enfermagem que atendem de segunda a sexta das 7h às 19h. São atendidos cerca de 60 pacientes por dia e quem estiver interessado em fazer o tratamento basta procurar a unidade que o acolhimento é imediato. O CAPS-AD atende pacientes de Santa Maria, Recanto das Emas, Riacho Fundo II e Entorno Sul do DF.

O tratamento é feito diariamente e os pacientes podem participar de grupos ocupacionais como grupo musical, horta, cinema, jogos, entre outros. O técnico de enfermagem Zeuzuar de Jesus falou um pouco do trabalho feito no centro. “O tratamento possibilita uma convivência social entre os pacientes e a reaproximação do paciente com a família, além de aprender a se valorizar como ser humano”.