gototop
SAÚDE
FacebookTwitterGoogleYoutubeFlickr
Quinta, 27 Julho 2017

Hospital de Taguatinga oferece laserterapia aos pacientes com câncer

  Vanessa Cezar, da Agência Saúde
Hospital de Taguatinga oferece laserterapia aos pacientes com câncer Foto: Matheus Oliveira

Técnica trata inflamações bucais causadas pela quimioterapia e radioterapia

BRASÍLIA (27/7/17) – Há cerca de um ano, o Hospital Regional de Taguatinga (HRT) disponibiliza aos pacientes oncológicos com mucosites - úlceras ocasionadas por inflamações bucais - o tratamento de laserterapia na Unidade de Odontologia. A técnica utiliza uma luz de laser de baixa intensidade na parte interna da boca da pessoa com câncer para estimular a cicatrização da mucosa, aliviar a dor e melhorar a produção de saliva.

O usuário desenvolve a mucosite após iniciar o tratamento com quimioterapia e radioterapia. Quem tem esse efeito colateral, apresenta sintomas como sensibilidade, dor e desconforto na boca, além de dificuldades para mastigar e ausência de paladar. Segundo a cirurgiã dentista do HRT Emmanuelle Capelleni essa terapia é a principal forma de prevenir o início dos problemas bucais decorrentes do tratamento oncológico, e também evitar a progressão deles.

A especialista em Odontologia Hospitalar e Endodontia esclarece que a mucosite tem alta incidência. "Nos pacientes em quimioterapia, estima-se a ocorrência entre 20% e 40%. Na radioterapia, é esperado que 100% das pessoas desenvolvam algum grau desse efeito colateral no decorrer ou ao término do tratamento", explica Emmanuelle.

PÚBLICO – O tratamento é oferecido na Unidade de Odontologia do HRT durante quatro dias da semana. O atendimento é feito por três cirurgiões dentistas habilitados em laserterapia. Em cada turno, a média é de quatro pacientes assistidos.

Para receber a terapia, os pacientes devem ser encaminhados à unidade por recomendação do médico responsável ou pelo profissional de enfermagem. No parecer é necessário constar a descrição do tratamento (quimioterapia ou radioterapia) e as medicações utilizadas pelo usuário. Atualmente, o benefício contempla as pessoas com câncer tratadas no HRT e que têm alguma infecção bucal.

A técnica de enfermagem da Unidade de Oncologia do HRT Tacciana Pupcinelli conta que a laserterapia é aliada indispensável no tratamento dos pacientes oncológicos. "Antes de termos essa terapia no hospital, os pacientes que desenvolviam a mucosite eram tratados apenas com a saliva artificial, mas ela não tem o mesmo efeito que o laser", relembra a servidora.

Ela destaca que a laserterapia minimiza os impactos dos efeitos colaterais causados pelo tratamento da doença. "Quando a quimioterapia e radioterapia são realizadas simultaneamente ao laser, o paciente não precisa interromper o cronograma das sessões, pois ele consegue se alimentar de maneira adequada e também não apresenta úlceras bucais que o impossibilitarão de salivar corretamente."

BENEFICIADOS – A dona de casa Maria do Socorro Costa, de 58 anos, luta contra o câncer há sete anos. Nesse período, a doença se desenvolveu em uma das mamas, axila, pulmão, olho e cabeça. Há quatro meses, ela iniciou o tratamento com laserterapia no HRT. À época, a aposentada chegou à unidade com um quadro grave de mucosite que lhe causava muitas dores e a incapacitava de se alimentar.

"Quando comecei o tratamento, tinha perdido seis quilos por não conseguir mastigar os alimentos. Para mim, comer significava sentir dor. Devido ao emagrecimento, tive que interromper a quimioterapia por um tempo até conseguir voltar a me alimentar", relata.

Maria conta que, após as primeiras sessões com laser, a diferença foi efetiva. Até o momento, ela conseguiu recuperar quatro quilos e não sente mais dores na boca.
Em junho deste ano, a também dona de casa Farides Pereira, de 61 anos, realizou sua última sessão de quimioterapia por ter sido diagnosticada com câncer em uma das mamas. Em dezembro de 2016, ela iniciou a laserterapia.

"Quando cheguei para fazer minha primeira sessão, estava com muita dor e sensibilidade e já não conseguia me alimentar com facilidade", declara a paciente. Hoje, já recuperada do câncer, ela relata estar completamente feliz com o resultado do tratamento, além do carinho e acolhimento que recebeu de todos os profissionais da equipe.

Confira aqui mais fotos.

 menu atalho ouvidoria

2 carta de servicos

banner SaudeFamilia 2

fepecs banner

banner fundo de saude

7 hemocentro

9 transplantes

15

VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Hospital de Taguatinga oferece laserterapia aos pacientes com câncer