Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/01/16 às 13h48 - Atualizado em 30/10/18 às 15h14

Número de transplantes realizados pelo ICDF cresce 20% em 2015

COMPARTILHAR

Instituto é conveniado à SES/DF

BRASÍLIA (27/1/16) – O número de transplantes realizados pelo Instituto de Cardiologia do DF (ICDF), conveniado à Secretaria de Saúde do DF (SES/DF), obteve um crescimento expressivo em 2015. Ao todo, foram realizadas 35 cirurgias a mais em relação ao ano de 2014, totalizando um aumento de 20%. De 2009 até agora, o ICDF foi responsável pela realização de 554 transplantes.

Os transplantes de fígado (55) e medula óssea (TMO Autólogo – 40 – TMO Alogênico Aparentado – 9 – e TMO Alogênico Não Aparentado – 4 –) foram os procedimentos mais realizados pelo Instituto no ano passado. Logo depois foram os transplantes de rim (37), córnea (35) e coração (30). A captação externa de órgãos de doadores de outros estados também obteve destaque em 2015. Ao todo, foram realizadas, por exemplo, 21 captações de fígado e 12 de coração.

Um dos fatores que contribuíram para o aumento do número de transplantes está relacionado à conscientização da importância de doação de órgãos. Atualmente, há uma preocupação maior por parte da população no que diz respeito à doação, pois, para centenas de pacientes, o transplante é a única forma de salvar suas vidas.

O fortalecimento das parcerias entre o ICDF e órgãos governamentais como SES/DF, Ministério da Saúde, Corpo de Bombeiros, SAMU, FAB, PMDF, Detran e DER, além de companhias aéreas comerciais brasileiras tem contribuído na logística de captação, o que viabiliza a qualidade do procedimento de transplantes. O objetivo central é o de aumentar a quantidade de transplantes realizados, diminuir o tempo para captação de órgãos e o tempo de espera em fila por órgão compatível.