gototop

Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal

FacebookTwitterYoutubeFeed

LACEN-DF

O Laboratório Central de Saúde Pública do DF - LACEN-DF, é um órgão vinculado à Subsecretaria de Vigilância à Saúde, da Secretaria de Estado de Saúde. Sua criação se deu em setembro de 2000, em substituição ao Instituto de Saúde do DF - ISDF, então com 22 anos de atividade. Tem como objetivo realizar pesquisas científicas e exames laboratoriais como atividades de vigilância sanitária e epidemiológica.

O prédio do LACEN está situado no Plano Piloto, na Quadra 601, no início da avenida L2 norte. A sua estrutura organizacional é composta de duas Gerências executivas, a de Controle de Qualidade de Produtos e Ambientes, e a de Biologia Médica. Para fornecer suporte administrativo dispõe da Gerência de Apoio Operacional. O seu quadro de funcionários conta com um total de 255 profissionais, distribuídos em 26 laboratórios e área administrativa.

Como atividade de vigilância sanitária são verificados, por meio de diversas análises laboratoriais, a composição, estado de conservação, possíveis fraudes e contaminações químicas, microbiológicas e parasitológicas, bem como as informações constantes do rótulo e embalagem nas amostras de produtos alimentícios, medicamentos, cosméticos, material de higiene, desinfecção e limpeza, coletados nos estabelecimentos comerciais do DF, pelos fiscais da Vigilância Sanitária. Tudo para garantir à população do Distrito Federal o consumo de produtos saudáveis e de boa qualidade. Participa, também, da investigação de surtos de doenças transmitidas por alimento e no controle e prevenção da cólera, com a pesquisa do vibrião da doença em alimentos, bebidas, águas e resíduos de esgotos sanitários, equipamentos e utensílios. Acompanha, com análises diárias, a qualidade da água utilizada em hospitais para hemodiálise. Em conjunto com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural - Emater-DF avalia, por meio de exames de toxicologia clínica, o nível de intoxicação dos trabalhadores rurais por agrotóxicos e metais pesados.

Na área de Biologia Médica realiza, para a rede pública de Saúde do DF, que compreende 12 hospitais, 61 centros de saúde, 3 unidades mistas de saúde, 7 postos de saúde urbanos e 23 postos de saúde rurais, exames laboratoriais para o diagnóstico e controle, de mais de 30 doenças transmissíveis, dentre as quais se destacam AIDS, tuberculose, meningite, dengue, hepatite, leptospirose, cólera e difteria.

Entre os métodos diagnósticos adotados estão as técnicas de biologia molecular, como por exemplo PCR, seqüência de ácidos nucléicos de agentes etiológicos de doenças transmissíveis e sua genotipagem, técnica de cultura celular e técnica "in vivo" para o isolamento viral em animais de laboratório. Utiliza, também, espectofotometria de absorção atômica, técnicas de separação por cromatografia de camada delgada, cromatografia líquida de alta eficiência, cromatografia gasosa e outras.

O LACEN-DF integra a Rede Nacional de Laboratórios de Vigilância Epidemiológica do Ministério da Saúde, como Laboratório de Referência Regional (Centro-oeste e parte da região Norte) para coqueluche, dengue, difteria, enteroinfecções bacterianas (salmonelose, febre tifóide e cólera), febre amarela e meningites bacterianas.

NRCT - Núcleo de Recepção, Coleta e Triagem
Telefones: 3325-4807 / 3906-7913

Biblioteca

Certificado 

 
BOTOES site Escola de Medicina e Enfermagem
BANNER transparencia
VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Outros Links LACEN-DF