Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/07/15 às 13h00 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Pacientes atendidos pelo Trauma e Bucomaxilofacial do Base elogiam atendimento

COMPARTILHAR

Unidades atendem diariamente politraumatizados, casos de deformidades e tumores na face

BRASÍLIA (23/7/15) – Usuários atendidos no Centro de Trauma e na unidade de Bucomaxilofacial do Hospital de Base (HBDF) elogiaram o trabalho da equipe dessas unidades e parabenizou pela rapidez e bom atendimento. Pelas áreas passam, em geral, pessoas acidentadas e aquelas que precisam de cirurgias para fraturas no maxilar.

“Quero parabenizar a equipe do Hospital de Base pelo excelente atendimento realizado para a minha sobrinha, no início de julho. O atendimento foi muito rápido. Em aproximadamente 40 minutos, ela já estava com o Raio-x em mãos”, observou o paciente Dirceu Silva, 50.

Andréa Pupe, 40, também ficou satisfeita com o atendimento dispensado ao filho que, após uma queda de bicicleta, procurou o Centro de Trauma. Andrea afirma que, antes de ir ao Hospital de Base, eles percorreram unidades da rede privada e não conseguiram atendimento. “O meu filho foi prontamente atendido pelos excelentes profissionais que ali atuavam. Fico orgulhosa de poder contar com um atendimento assim”, contou.

FRATURA -Para Lucas Gonçalves dos Santos, 27, está sendo extremamente satisfatório o seu acompanhamento ambulatorial no setor de Bucomaxilofacial do HBDF. Ele teve, há alguns anos, uma fratura na mandíbula. Com isso, há quatro meses faz acompanhamento e tratamento na unidade.

“Fiquei chocado em um dia que cheguei na unidade para consulta e tinha um rapaz mais grave que entrou na sala. Todos os médicos correram e foram atender ele, dando o maior cuidado para o paciente que estava ali sofrendo. Quando chegou minha vez, fui muito bem atendido. Agradeço a toda equipe e ao médico Hugo Caracas pelo trabalho. É gratificante poder ver isso na rede pública de saúde, fico muito feliz em ir num hospital com competentes profissionais e tratamento humanizado”, destaca Lucas.

ATENDIMENTOS– De janeiro até a primeira quinzena de julho, somente na sala vermelha – onde atende os casos mais graves – foram realizados 723 atendimentos para politraumatizados. Na sala amarela – que também faz parte do centro de trauma– o número de atendimento foi de 4.830 casos, com uma média de 20 por dia. O total de atendimentos, somente no primeiro semestre deste ano, foi de 5.553 casos. A grande maioria dos acidentados atendidos no Trauma são advindos de acidentes com motos.

Na unidade de Bucomaxilofacial (Odontologia) são realizados 4,8 mil atendimentos por ano, incluindo a emergência e ambulatório. Os procedimentos são diversos, como cirurgias para fraturas no maxilar, para deformidades óssea e tumores (os casos benigno, pois os malignos são atendidos pela unidade de cirurgia oncológica). Nesse número, também estão incluídos consultas e exames.