Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/05/19 às 11h37 - Atualizado em 7/05/19 às 11h37

Violência – PAV Flor de Lis – Planaltina

COMPARTILHAR

Descrição: O que o PAV Flor de Lis faz por você
• Atendimento às vítimas de violência, numa abordagem biopsicossocial e interdisciplinar, trabalha de maneira integral e intersetorial de forma a contribuir para a superação de condições geradoras de violência e sequelas resultantes,
• Promove a articulação com a rede, faz encaminhamentos institucionais bem como a promoção da cultura de paz e a vigilância dos casos de violência.

 

Formas de prestação do serviço:
• Endereço: Via W/L 4, Área Especial, Hospital Regional de Planaltina, Planaltina-DF
• Telefone: 2017-1352
• Email: pavplanaltina@gmail.com
• Horário de atendimento: Segunda a sexta, de 8h às 18h
• Prioridade de atendimento: Pessoas em situação de violência sexual e violência doméstica

 

Requisitos:
• Pessoas em situação de violência física, psicológica, sexual, financeira/patrimonial, maus-tratos, negligência e/ou abandono, residentes em Sobradinho I, Sobradinho II ou Fercal.

 

Documentação necessária:
• Documento de identificação pessoal com foto e Cartão SUS

 

Etapas:
• Acolhimento de pessoas em situação de violência;
• Atendimento individual e/ou em grupo para crianças, adolescentes e mulheres em situações de violência sexual
• Atendimento individual e/ou em grupo para mulheres em situação de violência doméstica;
• Trabalho em grupo de pais/responsáveis;
• Informações e/ou encaminhamentos para programas e serviços especializados no atendimento a pessoas em situação de violência da rede de saúde, tais como: Centro de Atenção Psicossocial (CAPS ad e Adultos; CAPSi); PAV Jardim; PAV Jasmin; Unidades Básicas de Saúde; entre outros.
• Informações e/ou encaminhamentos para programas e serviços especializados no atendimento a pessoas em situação de violência da rede de proteção social, tais como: Defensoria Pública; Ministério Público (MPDFT);Central Judicial do Idoso (CJI); Delegacia Especial de Atendimento a Mulher – DEAM; Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente – DPCA; outras Delegacias; Conselhos Tutelares; Centro Integrado 18 de Maio; Casa da Mulher Brasileira; Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania – SEJUS; programas e serviços da Política de Assistência Social no Centro de Referência de Assistência Social – CRAS e Centro de Referência Especializado de Assistência Social -CREAS e outras políticas públicas; Programa Vira Vida; entre outros.

 

Prazos:
• Dependem da avaliação da equipe multiprofissional e a necessidade que cada caso demanda