Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/07/19 às 15h43 - Atualizado em 26/07/19 às 15h45

Projeto De olho na Saúde se torna sucesso no Hospital da Região Leste

COMPARTILHAR

Resultados foram apresentados no evento de encerramento da iniciativa

 

O resultado do projeto-piloto De Olho na Saúde, realizado no Hospital da Região Leste (HRL, antigo Hospital do Paranoá), foi apresentado, nesta sexta-feira (26), no evento de encerramento da iniciativa, ocorrido no Palácio do Buriti. As melhorias foram confirmadas pela Controladoria Geral do Distrito Federal (CGDF), organizadora da ação, em colaboração com a Secretaria de Saúde do DF, Conselho de Saúde, administrações regionais e a própria comunidade.

 

Para o vice-governador do DF, Paco Britto, a participação da sociedade em ações coletivas como esta contribuem para melhorar as unidades públicas de saúde. “Conhecemos, hoje, os primeiros benefícios trazidos pelo projeto De Olho na Saúde. Os voluntários da iniciativa fizeram desde a manutenção de equipamentos hospitalares a pinturas na estrutura do hospital, além de serviços de beleza para os pacientes da unidade”, pontuou Britto.

 

Em relação aos resultados, segundo a auditoria cívica realizada no HRL, pela CGDF, entre os dias 28 e 31 de maio, foram apontadas 164 recomendações, após análise de cinco áreas – Centro Cirúrgico; Enfermaria da Clínica Médica; Classificação de Risco; farmácias e Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

 

ELOGIOS – Baseado em números, o controlador geral, Aldemário Castro, informou que, para cada cinco reclamações na área da Saúde no DF, existe um elogio. “É um dado significativo”, ressaltou. Conforme divulgou na cerimônia, neste ano, foram 15 mil reclamações e 3.040 elogios. Comparativamente, no mesmo período de 2018, foram 19 mil reclamações e 6.300 elogios.

 

Castro fez questão de ressaltar também que não houve gasto com dinheiro público no projeto-piloto devido a uma série de doações feitas para a iniciativa.

 

Na ocasião, o subcontrolador de Transparência e Combate à Corrupção, Paulo Martins, destacou, entre outras ações, a fase de intervenção. Na sua opinião, foi “a mais bonita”, pois foi a oportunidade de a comunidade, a partir dos diagnósticos, atuar pelas melhorias das unidades de saúde.

 

Na avaliação da superintendente da Região de Saúde Leste, Raquel Bevilaqua, “o projeto trouxe um olhar diferenciado para aliviar o estresse diário dos profissionais da área”.

 

Também participaram da solenidade de encerramento os secretários de Saúde do DF, Osnei Okumoto, e da Mulher, Éricka Filippelli, além dos administradores regionais das regiões beneficiadas pelo projeto, diretores da área de saúde, deputados distritais, entre outros convidados. Ao final do evento, foram entregues certificados às equipes que atuaram no projeto.

 

INICIATIVA – O projeto De Olho na Saúde, inaugurado em 9 de abril no HRL, propõe uma mudança de enfoque, que não privilegia apenas os problemas (naturais do setor), mas também as possíveis soluções e as boas práticas existentes, que mereçam ser identificadas, valorizadas e replicadas para todo o sistema de saúde.

 

Da Agência Saúde, com informações da Agência Brasília
Foto: Vinícius Melo/Agência Brasília