Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/11/18 às 16h56 - Atualizado em 7/11/18 às 16h58

Quatro servidores da Saúde recebem Medalha do Mérito Buriti

Rodrigo Rollemberg entregou as medalhas aos servidores – Foto: Renato Araújo/ Agência Brasília

 

Quatro servidores da Secretaria de Saúde foram agraciados com a Medalha do Mérito Buriti, entregue pelo governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, na noite desta terça-feira (6).

 

O secretário-adjunto de Saúde, Marcos Quito, a coordenadora dos Bancos de Leite Humano, Mirian Santos, a diretora do Hospital de Apoio, Anelise Carvalho Pulschen, e a enfermeira Josse Mendonça Mesquita foram os homenageados.

 

“Considero que este reconhecimento representa toda a minha equipe, pois sem essas pessoas eu não faria nada”, disse a médica Mirian Santos, que há 25 anos trabalha na Secretária de Saúde, sendo dez deles dedicados ao Banco de Leite Humano. “Sou servidora pública por vocação, me realizo com o que faço e receber esta medalha é como se me dissessem muito obrigada por tudo que fiz”, ressaltou.

 

Também homenageado, o secretário-adjunto, Marcos Quito, diz se sentir honrado por ter recebido a homenagem, graças ao seu trabalho desenvolvido no serviço público. “A medalha reforça a posição de valorização do corpo funcional dos servidores. Tenho orgulho de ser servidor público e considero esta uma das profissões mais honradas do funcionamento do Estado”, complementou ele, que está há 16 anos na Saúde.

 

Ao todo, 261 servidores lotados em órgãos diferentes do Governo de Brasília receberam a medalha por terem contribuído, de maneira relevante, para o aperfeiçoamento da administração pública. Todos têm pelo menos dez anos de efetivo serviço.

 

A Medalha do Mérito Buriti foi instituída em 1970 por meio do Decreto nº 1.488. O documento destaca que merece recebê-la o profissional que “tenha desempenhado suas funções de modo relevante, demonstrando dedicação e zelo pelo serviço público ou por ter contribuído com sugestões, planos e projetos”.

 

Além disso, determina que a medalha seja destinada a servidores com no mínimo dez anos de efetivo exercício. As duas últimas condecorações ocorreram em 2010 e em 2017.

 

SOLENIDADE – Aberta ao público, a solenidade ocorreu na Tribuna de Honra do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha na noite desta terça-feira (6), com a presença do governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg.

 

“Este é um momento de gratidão ao que todos vocês prestaram de serviços à população. Sou testemunha do trabalho e do espírito público de cada um. Vocês são exemplos para esta e para futuras gerações de servidores”, discursou o chefe do Executivo, que estava acompanhado da esposa, Márcia Rollemberg.

 

O quarteto de sopro da banda da Polícia Militar executou o Hino Nacional na abertura do evento.

 

Alline Martins, da Agência Saúde, com informações da Agência Brasília