Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/03/16 às 21h10 - Atualizado em 30/10/18 às 15h14

Regimento Interno é o primeiro tema do curso de gestão da SES

COMPARTILHAR

Aulas são destinadas aos novos superintendentes, diretores de hospitais e administrativos

BRASÍLIA (22/3/16) – Aproximadamente 250 gestores da Secretaria de Saúde lotaram o auditório da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), nesta terça-feira (22), para assistir a aula introdutória do Curso de Gestão Regionalizada da Saúde, lançado em primeiro de março, no Memorial Juscelino Kubistchek.

O objetivo é preparar os profissionais para o novo modelo de gestão regionalizada da saúde, que agrupou as unidades de atendimento em sete macrorregiões do Distrito Federal. Saiba mais aqui

“Nós estamos capacitando os nossos gestores que assumiram superintendências, direções de hospitais, diretorias administrativas e de atenção primária, bem como gerentes e chefes de unidades. Eles estão sendo treinados para as funções que serão delegadas gradualmente no processo de regionalização”, informou a subsecretária de Planejamento em Saúde (Suplans), Leila Gottens.

A subsecretária citou que os gestores estarão à frente de processos como o gerenciamento financeiro, organização do sistema local de saúde e de rede de atenção, processo de aquisições diretas de insumos, bem como o redimensionamento de profissionais na rede.

A previsão é de que o curso, realizado em parceria com a Fepecs, tenha aproximadamente 300 horas/aula de duração, que serão ministradas até dezembro deste ano. Os participantes receberão certificado de aperfeiçoamento.

“O curso traz ferramentas importantes para que, não só os gestores, mas todos os servidores envolvidos diretamente em processos decisórios estejam habilitados para a nova realidade que buscará a solução de problemas de cada região”, avaliou o superintende da Região Sudoeste, formada por Taguatinga, Samambaia e Recanto das Emas, Benvindo Rocha.

A gerente de contratualização da Suplans, Mabelle Roque, explicou que o primeiro módulo do curso tratará sobre regimento interno, com atividades voltadas para definição do regimento interno das regiões. “Nosso objetivo é definir os papéis, responsabilidades e atividades de cada unidade, pensando de forma regionalizada e também na administração central”, disse, ao lembrar que as aulas e módulos serão divulgados gradualmente.