Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/01/15 às 11h02 - Atualizado em 30/10/18 às 15h11

Rodoviária do Plano Piloto recebe ação de combate à hanseníase

COMPARTILHAR

Carreta oferece atendimento clínico e prescrição de tratamento

BRASÍLIA (27/1/15) – Quem passar pela Rodoviária do Plano Piloto até sexta-feira (30) terá a chance de saber se tem ou não hanseníase. Uma ação da Secretaria de Saúde do DF colocou, na plataforma inferior, uma carreta para atendimento, em alusão ao dia mundial de combate à doença, 30 de janeiro.

No local será prestado atendimento clínico a quem for diagnosticado com o problema e o paciente já sai com o tratamento prescrito. “Antes, a pessoa é atendida numa mesa de triagem. Caso necessário, é encaminhada ao atendimento na carreta, onde tem seis médicos, dois fisioterapeutas, uma biomédica, uma enfermeira e uma residente do Hospital Universitário de Brasília”, explicou o subsecretário da Subsecretaria de Vigilância Sanitária, Jose Carlos Valença.

“Essa ação é importante para o diagnóstico precoce e para mostrar que existe cura e tratamento para ela”, destacou Valença, informando também que os atendimentos entrarão para estatísticas e controle da Saúde.

A ação da Secretaria de Saúde, em parceria com o Ministério da Saúde e Sociedade Brasileira de Hansenologia, na Rodoviária do Plano Piloto vai até sexta-feira (30), sempre das 8h às 18h. Para ser atendido basta apresentar documentos pessoais.

A DOENÇA – A hanseníase é uma doença infecciosa que se instala na pele e no sistema nervoso periférico. A transmissão ocorre de indivíduo para indivíduo e para isso é necessária a convivência por tempo prolongado com o paciente. O diagnóstico da hanseníase é essencialmente clínico, ou seja, realizado por meio de exame dermatoneurológico e entrevista com o profissional de saúde. Sempre que possível a baciloscopia do raspado intradérmico também deve ser realizada.

SINTOMAS – São considerados sinais e sintomas de hanseníase: manchas brancas ou avermelhadas com alteração de sensibilidade, caroços, espessamentos dos nervos periféricos, dormências, em qualquer parte do corpo, mas com maior incidência nos braços e pernas. A alteração de sensibilidade no local da mancha é o sintoma que mais evidencia o diagnóstico da hanseníase.

O tratamento na rede pública de saúde é totalmente gratuito. O paciente pode procurar atendimento em qualquer centro de saúde