Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/04/21 às 11h10 - Atualizado em 3/04/21 às 11h13

Saúde disponibiliza 3,6 mil doses de vacina para aplicação de D1 em idosos a partir de 66 anos

COMPARTILHAR

Após o término das doses, a vacinação para este público vai ocorrer mediante novo envio do Ministério da Saúde

 

JURANA LOPES, DA AGÊNCIA SAÚDE-DF

 

A Secretaria de Saúde conseguiu ampliar o número de doses de 1.111, enviadas pelo Ministério da Saúde, para 3.600 doses que serão utilizadas para vacinação dos idosos de 66 anos ou mais em três drive-thrus montados neste sábado (3/3). O aumento foi conseguido graças a um remanejamento feito de vacinas que estavam em hospitais e ainda não tinham sido utilizadas para o público dos profissionais de saúde.

 

Ampliação ocorreu para atender o maior número possível de idosos. Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

“A Secretaria de Saúde fez um esforço e conseguiu triplicar o número de doses ofertadas para aplicação da D1. Pegamos todas as vacinas dos hospitais que ainda não tinham sido utilizadas e com isso, disponibilizamos 1.200 doses em cada um dos três drive-thrus, totalizando 3.600 doses”, explica o subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero.

 

Ele ressalta que quem tomar a D1 tem a segunda dose (D2) garantida e que a Secretaria de Saúde depende agora do envio de mais doses pelo Ministério da Saúde para dar continuidade na vacinação dos idosos a partir de 66 anos.

 

Doses que não tinha sido utilizadas em hospitais foram remanejadas. Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

Valero explica ainda que, os drive-thrus vão funcionar até às 17h e que a partir das 14h será feito um redimensionamento da fila de acordo com a quantidade de doses que ainda restarem. A organização da fila conta com o apoio da PMDF e do Detran.

 

Filas noturnas

 

No drive-thru do Iguatemi havia cerca de 300 carros formando uma fila desde o fim da tarde de sábado. Em frente à Unieuro, em Águas Claras, cerca de 150 automóveis já aguardam por uma dose. A fila começou a se formar antes das 17h. No Parque da Cidade, a fila começou por volta das 18h.

 

Pensando no bem-estar e comodidade dos idosos, o superintendente da Região Central, Pedro Zancanaro se mobilizou e fez várias fichas com carimbo e entregou como senha, garantindo aos idosos que eles não precisavam dormir no local para receberem a vacina.

 

Vacinação da primeira dose vai depender de envio de doses pelo Ministério da Saúde. Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

“Faremos uma fila prioritária para atender esses idosos que pegaram a senha ontem à noite, foram mais de 200 carros que estavam aguardando. Neste sábado, disponibilizaremos 1.200 doses no drive-thru do Parque da Cidade”, informa.

 

Zancanaro informou que conseguiu desfazer a fila e encaminhar os idosos para casa com o apoio de sua equipe, Detran, Policia Militar e auditores que estão fiscalizando as medidas de lockdown e o respeito ao toque de recolher implantado no Distrito Federal.

 

Já no drive-thru do Iguatemi, a superintendente da Região Leste, Raquel Bevilaqua enviou equipes mais cedo para realizarem a triagem e preenchimento de fichas antes das vacinas chegarem, dando mais celeridade para a vacinação.

 

No domingo também haverá vacinação no drive-thru do Parque da Cidade. Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

No drive do Unieuro, a enfermeira Neuda Rodrigues, à frente da coordenação do ponto de vacinação, mobilizou servidores das áreas técnicas e conseguiu dar um fluxo de atendimento bem acima da média, fazendo com que a fila andasse com mais celeridade.

 

A vacinação contra a Covid-19 também ocorrerá no domingo (4), mas somente no drive-thru do Parque da Cidade, apenas para quem precisa tomar a segunda dose (D2).

 

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: