Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/11/13 às 19h18 - Atualizado em 30/10/18 às 15h09

Saúde entrega Caps em Ceilândia que funcionará 24 horas

COMPARTILHAR

Mil pacientes fazem tratamento contra álcool e drogas na unidade

Foto: Renato Araújo

O Centro de Atenção Psicossocial (CAPS-ADIII) na QNN 01, em Ceilândia, foi inaugurado nesta sexta-feira (29), pelo secretário de Saúde, Rafael Barbosa. Os CAPS-ADIII são unidades que funcionam 24 horas, para atendimento a dependentes de álcool e outras drogas.

Há quatro anos a Regional de Ceilândia conta com os serviços do CAPS, mas como AD II, que presta atendimento das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira. Atualmente mil pacientes estão em tratamento na unidade.

“Eu sou paciente desde 2010, conheço todo mundo aqui e faço questão de continuar meu tratamento nesta unidade”, disse Francisco de Assis, paciente do novo CAPS-ADIII.

“A antiga unidade era muito pequena, mas esta agora é espaçosa e confortável para atender com dignidade a população de Ceilândia”, disse o secretário Rafael Barbosa, ao visitar a unidade.

Em uma das três salas de múltiplas funções o secretário e os convidados foram recepcionados pelo Coral do CAPS que cantou a música “Faça sua parte”. “Esse coral existe há quatro anos e é composto por 20 a 30 pessoas. Essa música foi composição deles”, revelou a terapeuta ocupacional, Giovanna Brunelli.

João Ribeiro dos Santos é paciente do CAPS-ADIII há três anos. Ele freqüenta a unidade três vezes por semana com as atividades de música, psicoterapia e grupo de teatro. O cozinheiro de profissão tem 49 anos e desde os 18 era viciado em álcool, mas agora vê sua vida mudada. “Minhas irmãs me levaram desacordado ao HRC em coma alcoólico. E então a equipe do hospital me levou ao CAPS e eu nunca mais saí. Mudou minha vida”, disse emocionado.

O CAPS-ADIII de Ceilândia tem 70 profissionais capacitados nas especialidades de Serviço Social, Terapia Ocupacional, Psicologia, Farmácia, Psiquiatria, Clínica Médica, Enfermagem, além dos técnicos.

CAPS – Álcool e outras Drogas

Aproximadamente oito mil pacientes estão em tratamento nos 16 CAPS da Secretaria de Saúde instalados no Adolescentro, Instituto de Saúde Mental, dois em Samambaia, Taguatinga, Paranoá, Planaltina, Guará, Ceilândia, Sobradinho, Santa Maria, Rodoviária do Plano Piloto, Itapoã, Santa Maria e Hospital São Vicente de Paulo. Destes, dois são CAPS ADI, voltados para o tratamento de crianças e adolescentes.

O próximo CAPS deverá ser entregue no Guará. Também está prevista a implantação de novas unidades em Sobradinho, Samambaia e Gama para tratamento de transtornos mentais infantis e um para atendimento de casos de transtornos mentais em adultos, no Gama.

A pessoa que quiser fazer tratamento de álcool e drogas deverá procurar um CAPS mais próximo de sua residência, com documentos pessoais e comprovantes de residência.

Por Luana Lemes, da Agência Saúde DF
Atendimento à Imprensa
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226