Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/05/17 às 18h43 - Atualizado em 30/10/18 às 15h17

Saúde participa de congresso em Natal (RN)

COMPARTILHAR

Evento debate experiências exitosas de gestão em saúde

BRASÍLIA (3/5/17) – A Secretaria de Saúde, por meio da Subsecretaria de Gestão de Pessoas (Sugep) e outras unidades, participa do 3º Congresso Brasileiro de Política, Planejamento e Gestão em Saúde promovido pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), realizado de 1º a 4 de maio em Natal, capital do Rio Grande do Norte. A iniciativa visa reunir os principais estudos científicos da área para, a partir deles, promover a formulação e implantação de novas formas de administrar este serviço à população.

A ação promove a articulação entre academia, gestão, profissionais e movimentos sociais na área da saúde, de forma a proporcionar um encontro rico em conteúdo para a geração de conhecimentos científicos.

Lívia Ramos, da Gerência de Dimensionamento e Avaliação do Trabalho (Dipmat), que foi ao evento como representante da Sugep, conta que a unidade apresentou dois trabalhos selecionados pela banca examinadora do seminário. Os artigos foram desenvolvidos coletivamente pelas áreas de gestão de pessoas regionais, diretorias regionais e coordenações de Atenção Primária à Saúde (Diraps e Coaps), além das equipes da Atenção Domiciliar.

Foram expostos os estudos “O Dimensionamento da Força de Trabalho como Dispositivo Potencializador da Equidade do Acesso em Saúde” e “A Perspectiva Estratégica da Gestão do Trabalho na Consolidação de Modelos de Atenção Usuários-Centrados”.

Para Lívia, os trabalhos apresentados visam a troca e o compartilhamento de experiências de gestão com outras secretarias municipais e estaduais do país. “É uma possibilidade de contribuição para o aprofundamento da discussão e aperfeiçoamento das práticas em saúde, por meio do aprendizado resultante de casos exitosos desenvolvidos em outros contextos, além de fortalecer o trabalho em rede para o aprimoramento da organização do trabalho no Sistema Único de Saúde.”

Ela esclarece que os artigos mostram processos de mapeamento e planejamento da força de trabalho desenvolvidos no Distrito Federal para que a distribuição profissional esteja articulada às necessidades de saúde da população. “Este é um movimento que busca a alocação equitativa de servidores. Por isso, precisamos desenvolver estratégias de atratividade e valorização dessas equipes, para que atuem em regiões de maior vulnerabilidade populacional e, assim, garantir, o direito ao acesso à saúde”, explica Lívia.

DIFERENCIAL – Durante o evento, outras três unidades da Secretaria de Saúde também apresentaram trabalhos, sendo elas o Serviço de Atenção Domciliar da Região Centro-Norte, representado pela médica de Família e Comunidade Vanessa Carvalho, a Subsecretaria de Planejamento em Saúde (Suplans), pelo servidor Ricardo Gamaski e a Coordenação de Atenção Primária à Saúde (Coaps), por Marcos Quito.

A equipe de Atenção Domiciliar da Região Centro-Norte foi a única do Distrito Federal que teve um estudo selecionado para ser exposto no congresso. O artigo trata sobre o Programa “Cuidando do Profissional que Cuida”, onde são detalhadas ações que visam cuidar da saúde física e psicológica dos servidores que atuam neste serviço realizado na rede.

“O objetivo do nosso trabalho é fazer a prevenção de doenças, além de promover a saúde daqueles que atendem a população. É necessário que todos os gestores tenham o olhar voltado também para os profissionais, pois isso interfere diretamente na saúde oferecida à comunidade”, destaca a médica Vanessa Carvalho.