Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/10/17 às 18h04 - Atualizado em 30/10/18 às 15h18

Saúde promove cuidados para pessoas em situação de violência

COMPARTILHAR

Encontros vão até 23 de novembro

BRASÍLIA (19/10/17) – Até 23 de novembro os núcleos de Estudos e Programas na Atenção e Vigilância em Violência (Nepav) da Subsecretaria de Vigilância à Saúde e o de Prevenção e Assistência à Situação de Violência (Nupav) das Superintendências de Saúde realizam, na rede de saúde do Distrito Federal, ações de organização da Linha de cuidado para atenção integral às pessoas e suas famílias em situação de violência.

A realização destes encontros objetiva fortalecer o desenvolvimento das ações de cuidado à saúde das pessoas em situação de violência e suas famílias, exigindo ainda a interação com os demais sistemas de garantia de direitos, proteção e defesa de crianças e adolescentes. Nessa perspectiva compreende-se que a capacitação fortalecerá as competências dos profissionais de saúde em suas habilidades. Para tanto, será contextualizada a Linha de cuidado nas suas dimensões de acolhimento, atendimento, notificação e segmento em rede.

A proposta também inclui a discussão e a troca de experiências. O objetivo é a organização e o fortalecimento da rede de cuidado e atenção para as situações de violência tendo o PAV como ponto de referência na região de Saúde para o atendimento especializado e o matriciamento da rede. “Entendemos que a produção de cuidado para as situações de violência ocorre em todos os níveis de atenção e estamos buscando identificar, integrar e organizar todos os atores da rede intrasetorial para oferecer à população um atendimento humanizado e qualificado”, explica Fernanda Falcomer, chefe do Nepav.

A implantação da Linha de cuidado para atenção integral às pessoas e suas famílias em situação de violência foi pactuada no Plano Distrital de Saúde. As ações constituem a segunda etapa de implantação da Linha de cuidado, que deverá estar efetivamente implementada até 2019 em toda a rede pública de saúde do DF.

O cuidado é uma expressão “plural” que não significa o cuidar de si mesmo, mas o cuidado do outro sem intenção ou pretensão. O cuidado é uma atitude que demonstra preocupação, responsabilização e solidariedade com a dor e o sofrimento do outro.

Nesta etapa serão realizados encontros e capacitações em todas as regiões de Saúde. Serão capacitados médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, psicólogos e assistentes sociais que atuam em todos os níveis de atenção, desde a Atenção Primária à Saúde (Estratégia de Saúde da Família e Núcleo de Atenção à Saúde da Família), até profissionais dos hospitais e da rede de Saúde Mental.

Datas dos encontros regionais:

25/10: Superintendência Oeste – Auditório da pediatria do Hospital Regional de Ceilândia (HRC)
6/11:   Superintendência Centro Sul – Grande Auditório do Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib)
7/11:   Superintendência Centro Norte – Escola de Governo – Sala 1
           Superintendência Sudoeste – LS Educacional – Pistão Sul – Taguatinga Sul
9/11:   Superintendência Sul – Faculdade Mauá – Gama
14/11: Superintendência Centro Norte – Escola de Governo – Sala 1
           Superintendência Sudoeste – LS Educacional – Pistão Sul – Taguatinga Sul
20/11: Superintendência Centro Sul – Grande Auditório do Hmib
22/11: Superintendência Oeste – Auditório da Pediatria do HRC
           Superintendência Leste – Auditório do Hospital da Região Leste (HRL)
23/11: Superintendência Norte – Auditório do Bloco Materno Infantil do Hospital Regional de Sobradinho
           Superintendência Sul – Faculdade Mauá – Gama/DF
29/11: Superintendência Leste – Auditório do HRL