Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/10/13 às 18h19 - Atualizado em 30/10/18 às 15h08

Saúde pede demissão de médica lotada em Planaltina

COMPARTILHAR

Médica prescreveu medicação inadequada a duas crianças

A Secretaria de Saúde do DF recomendou a demissão da servidora G.J.L.R., pediatra lotada na Coordenação de Saúde de Planaltina, que em junho do ano passado prescreveu dosagem incompatível do medicamento Azitromicina a duas crianças, o que as levou a óbito.

Os trabalhos de investigação foram encerrados em agosto e a portaria com a decisão da Corregedoria Geral de Saúde foi publicada no Diário Oficial do DF desta quarta-feira (02).

Com relação à auxiliar de enfermagem I.I.R.C, a investigação aponta que ela foi co-responsável pelas mortes, uma vez que não se cercou das cautelas devidas, nem consultou profissional enfermeiro, visto que existe regulamentação que a obriga a agir nesse sentido.

A demissão da médica depende de ratificação por parte do governador do DF, Agnelo Queiroz. Já a auxiliar de enfermagem teve a suspensão de 30 dias convertida em multa de 50% de sua remuneração, com aplicação imediata.