Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/05/18 às 8h10 - Atualizado em 21/05/18 às 11h42

Secretaria cria rede para fomentar inovação na Saúde

COMPARTILHAR

 

 

Um dos objetivos da rede é estimular a geração de ideias e soluções para melhorar processos e serviços. Foto: Matheus Oliveira

 

Fomentar a cultura de inovação, com foco na valorização das pessoas, no conhecimento e no compromisso com resultados. Esse é um dos principais objetivos da Rede de Inovação da Secretaria de Saúde, denominada Rede InovaSES.

 

A iniciativa foi criada pela pasta por meio da Portaria n° 425, publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) neste mês, depois da adesão da secretaria à Rede de Inovação da Gestão Pública do Governo Federal (Inovagov).

 

“Disseminar a inovação dentro da Secretaria de Saúde, encontrar soluções inovadoras para os nossos desafios e implementá-las, com valorização dos servidores. Esses serão os grandes resultados que virão com a Rede InovaSES”, explica Marcia Blumm, coordenadora de Inovação e Gestão do Conhecimento da Subsecretaria de Gestão de Pessoas (Sugep).

 

Conforme a publicação no DODF, os demais objetivos da Rede InovaSES incluem:

 

– Estimular a geração de ideias e soluções criativas para a melhoria de processos e serviços

– Integrar e agrupar os trabalhos, projetos, ideias e espaços inovadores da Secretaria de Saúde

– Despertar o empreendedorismo no servidor da pasta

– Desenvolver competências de inovação nos servidores

– Incentivar a prospecção, a execução e a aceleração de ideias e oportunidades que possibilitem a produção de inovações que beneficiem a Secretaria de Saúde e a sociedade.

 

TRÊS FRENTES – A Rede InovaSES é composta por três frentes de atuação: um portal, um laboratório para disseminar a cultura de inovação na pasta e parcerias com eventos e processos relacionados a captura de inovação e ideias.

 

O portal será um espaço digital para gestão do conhecimento, com uma biblioteca que mostrará os trabalhos e ferramentas para utilizar as metodologias. O site ainda está em elaboração.

 

Já a segunda frente, chamada de Laboratório InovaSES, será um local físico na sede da Secretaria de Saúde para promover oficinas e estimular a prática de projetos inovadores da pasta. O laboratório está previsto para ser lançado na primeira quinzena de junho.

 

“Será um espaço para colocar em prática as ideias e projetos da secretaria que precisam de aceleração, ajudando-os a serem implementados, além de despertar a criatividade dos servidores, para colaborarem uns com os outros”, informa Blumm.

 

Por fim, o terceiro ponto diz respeito à InovaSES, já em funcionamento com a conexão de atores inovadores na rede e a formação de parcerias com eventos relacionados às práticas de inovação.

 

Uma delas é com a Conferência Nacional da ABPMP 2018, evento da Associação Internacional de Profissionais de BPM [Business Process Management].

 

“Nessa situação, viabilizamos o espaço para ocorrer a conferência, e por isso podemos apresentar nele o case da saúde sobre o novo processo de contratações da pasta”, informa Blumm.

 

Outro evento será o 1º HackSaúde DF, onde serão desenvolvidas soluções inovadoras para os desafios de saúde no Distrito Federal.

 

TEXTO: Leandro Cipriano, da Agência Saúde