Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/01/14 às 18h43 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

Sete dicas para quem quer engravidar em 2014

COMPARTILHAR

SES oferece atendimento especializado para as futuras gestantes

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal oferece vários serviços para as mulheres que querem engravidar. Antes de parar o uso dos métodos contraceptivos, é importante procurar um ginecologista.

Segundo a coordenadora do Programa de Assistência Integral de Saúde da Mulher da Regional Sul (PAISM), Carla Martins, algumas dicas e mudanças de hábitos farão a diferença para uma gravidez tranqüila e o desenvolvimento saudável do bebê.

1 – Avalie a sua saúde: Na consulta com o ginecologista devem ser avaliados quadros pré-existentes de hipertensão, diabetes, sífilis, AIDS e hepatite. O diagnóstico precoce ajuda a começar o tratamento antes da gestação e evita a gravidez de risco. É necessário também pesquisar se existe algum sinal de infertilidade como, por exemplo, ovários policísticos ou a endometriose. As mulheres inférteis cotam com o Programa de Reprodução Humana do HMIB e podem tirar as dúvidas por meio do endereço eletrônico http://www.saude.df.gov.br.

2 – Atualize o calendário de vacinas: a SES DF oferece nos postos de saúde as vacinas necessárias para as futuras gestantes. Confira se você já tomou a dose tríplice viral contra rubéola, caxumba e sarampo; as três doses da hepatite B; as três doses da dupla que combate a difteria e o tétano.

3 – Comece a tomar o ácido fólico: ele é fundamental para o desenvolvimento cerebral da criança. Mesmo as mulheres com as taxas normais devem tomar a medicação até o terceiro mês da gravidez, pois previne as más formações do sistema nervoso do bebê. O medicamento é distribuído gratuitamente nos postos de saúde e farmácias da rede.

4 – Coma para ficar fértil: os alimentos considerados aliados da fertilidade são aqueles ricos em vitamina E, B6, zinco e ácido fólico. Inclua na sua dieta a castanha do pará, amêndoa, amendoim, avelã, açúcar mascavo, folhas verdes, carne de peru escura, feijões, leveduras, e carne bovina.

5 – Evite o sobrepeso: não comece uma gravidez fora de forma. Recorra a uma dieta saudável e a exercícios físicos regulares. Os postos de saúde oferecem palestras e atendimentos individuais com nutricionistas para montar uma dieta equilibrada.

6 – Esteja em dia com o dentista: A gravidez aumenta o risco de inflamações nas gengivas, portanto, faça os tratamentos previamente.

7 – Relaxe: as mulheres possuem 15% de chances mensais para engravidar, por isso é normal demorar até um ano para conseguir o sucesso na gestação. Altos níveis de estresse e sedentarismo podem contribuir para a demora. Para as mulheres com mais de 35 anos é natural demorar até seis meses.

Por Ana Luiza Greca, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa:
(61)3348-2547/2539 e 9862-9226