Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/02/19 às 10h49 - Atualizado em 22/02/19 às 10h54

Subestação de energia do Hospital Regional do Gama será reformada

COMPARTILHAR

 

A subestação de fornecimento de energia elétrica do Hospital Regional do Gama (HRG) passará por manutenção neste sábado (23). O serviço será executado por empresa especializada neste tipo de obra, além do apoio da empresa responsável pela manutenção do gerador de energia elétrica do HRG, Encon.

 

Durante o período de reforma, prevista para ocorrer das 7h às 19h, o fornecimento de energia ao hospital não será interrompido e estará assegurado por dois geradores de alta potência. Um dos equipamentos pertence ao HRG e outro será usado como suporte, para garantir o atendimento e o suprimento elétrico na fase da manutenção.

 

“Queremos evitar possíveis intercorrências. Para isso, criamos um plano de contingências detalhando quais medidas adotar em cada caso específico”, explica o diretor administrativo da Superintendência da Região de Saúde Sul, Guilherme Albernás Nascimento.

 

MELHORIAS – Em função da sobrecarga no fornecimento de energia, o hospital não tem condições de implantar e colocar para funcionar diversos maquinários novos, em vários setores, por falta de capacidade energética. “Se a subestação trabalha sobrecarregada, ela sobrecarrega os disjuntores e pode causar curto circuito. Mas tudo isso será sanado com a reforma da subestação”, confirma ele.

 

A melhoria do equipamento normalizará toda a parte elétrica, aumentando a capacidade da subestação. Depois de modernizada, será possível montar os maquinários novos e ainda receber outros, assegura Guilherme.

 

Além dos consertos elétricos, os estacionamentos internos do HRG estarão fechados desde esta sexta-feira (22) e no sábado para receber sinalização (frisagem) das vagas e pintura de meios-fios, serviço a ser executado por equipe do Serviço de Limpeza Urbana (SLU).

 

O Hospital Regional do Gama está prestes a completar 52 anos e possui cerca de 1.800 servidores. A unidade recebe diariamente, em média, 140 pacientes nos prontos-socorros de Cardiologia e nas Clínicas Médica e Cirúrgica.

 

Luciene de Assis, da Agência Saúde

Foto: Divulgação/Saúde-DF