Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/08/15 às 17h21 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Subsaúde amplia horário de funcionamento a partir de setembro

COMPARTILHAR

O atendimento será feito na zona central de Brasília de 7 da manhã às 10 da noite

BRASÍLIA (27/8/15) – Servidora do Distrito Federal há 30 anos, Edith Lourenço, terá de ficar afastada do trabalho por 15 dias depois de ter passado por uma cirurgia. O atendimento para homologação do atestado foi realizado na sede da Subsaúde da Secretaria de Gestão Administrativa e Desburocratização no Edifício Parque Cidade Corporate. Atendida em poucos minutos, a servidora fez questão de elogiar o serviço: “Bem melhor do que no antigo local, lá o tratamento era muito impessoal, achei o pessoal aqui bem mais atencioso”.

Outra servidora do Distrito Federal deixou relatado elogio ao Médico do Trabalho que a atendeu: “Considerando que cheguei aqui pensando em suicídio passei por um médico e sai me sentindo mais forte e feliz, eu gostaria de elogiar o material humano e o belo atendimento dados aos servidores do GDF aqui”.

A unificação dos serviços voltados à saúde do servidor público do Distrito Federal já é uma realidade. A expectativa é de que mais de 100 mil servidores ativos sejam atendidos nas novas instalações onde serão realizados cerca de 600 atendimentos/dia. A sede da Subsaúde faz parte das ações previstas no decreto 36.561 publicado no dia 22 de junho de 2015. A medida prevê uma política integrada de programas que tratem da prevenção, recuperação e reabilitação física, psicológica, social e profissional de todos os servidores.

Os números apontam que já foram realizados mais de 3 mil atendimentos das equipes e 280 de suportes psicológicos de junho até o momento. O servidor pode contar ainda com visitas domiciliares de médicos em casos de imobilidade ou contenção física. A Subsecretária de Segurança e Saúde no Trabalho, Luciane Kozicz, afirma que mesmo com muita resistência de alguns setores das áreas da saúde e educação, o trabalho vem avançando. “A nossa equipe batalhou muito para ter um lugar central e não está em regiões administrativas, uma forma de oferecer um tratamento igualitário a todos os servidores. Nós temos um cenário onde 56% dos atestados médicos apresentados são de servidores da educação e 29% da saúde. Ou seja, 85% dos afastamentos por motivo de doença vêm dessas duas áreas, estamos trabalhando para mudar essa realidade”, afirmou a subsecretária que está a frente deste trabalho.

A padronização dos serviços também está sendo feita e alguns procedimentos já foram modificados. Um exemplo é o trabalho de prevenção da organização do trabalho que prevê que todo servidor, ao solicitar sua perícia médica, deverá preencher sua guia de inspeção médica. Esse documento pode ser impresso pelo site e assinado pelo seu gestor que terá condições de organizar suas equipes de trabalho. “Saímos apenas do ato pericial para áreas de promoção e prevenção, embasados em dados epidemiológicos que funciona como mapas para conter epidemias, queremos melhorar a saúde do servidor como um todo e otimizar todos os procedimentos” enfatiza a subsecretária.

Ainda em fase de transição, cerca de 200 servidores estão trabalhando e já apontam resultados como a redução do tempo de agendamento para atendimentos que antes demoravam 45 dias e agora é de 15 dias. A servidora da Subsaúde, Marta Araújo, afirma que o desafio continua sendo a transferência dos prontuários, mas que a unificação já trouxe mais qualidade no trabalho. “Agora nós temos mais infraestrutura, tudo está centralizado o que vai tornar os procedimentos mais práticos. Estamos de coração aberto para receber todos que chegarem, aqui é a nossa casa”, destacou. Marta enfatizou ainda que o novo horário do atendimento, que será de 7 da manhã às 10 da noite a partir do dia 31 de agosto, o que vai proporcionar mais agilidade aos resultados que pretendem alcançar.

O Secretário de Gestão Administrativa e Desburocratização, Alexandre Lopes, disse que todos os esforços vêm sendo feitos para que a Subsaúde seja uma referência em saúde ocupacional no Brasil. “Nós vamos entregar um serviço de maior qualidade para o servidor público, com procedimentos unificados e otimização do trabalho dos profissionais que atuam nessa área'', declarou Alexandre Lopes.

Alguns dos serviços realizados na Subsaúde/ SEGAD:
Homologação de atestados
Avaliações de capacitação laboratorial
Perícia Médica para isenção de imposto de renda Inspeção Técnica para elaboração de laudos de insalubridade / periculosidade Atendimento Psiquiátrico e Psicológico Perícia Médica para concessão de pensão por óbito de servidor Remoção por motivo de saúde Revisão de aposentadoria Gestão do processo de trabalho dos servidores com deficiência entre outros.

Endereço da Subsaúde: SCS Quadra 9, Lote C,Edifício Parque Cidade Corporate, Torre A, 1º Subsolo (*Referência: Ao lado do Venâncio 2000, de frente ao parque da cidade) Gabinete SubSaúde – 3347-5092