Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/03/19 às 9h53 - Atualizado em 15/03/19 às 10h09

Taxas de morte por AVC e doenças do coração caem entre as mulheres

COMPARTILHAR

 

Pesquisa do Ministério da Saúde avaliou pessoas com idade entre 30 e 69 anos

 

O número de óbitos causados por Acidente Vascular Cerebral (AVC), popularmente conhecido como derrame, caiu 11% entre as mulheres de 30 a 69 anos. A constatação é do estudo Saúde Brasil 2018, realizado pelo Ministério da Saúde, divulgado este mês. A pesquisa aponta, ainda, queda de 6,2% nas doenças cardíacas isquêmicas nas mulheres da mesma faixa etária.

 

De acordo com o levantamento, o índice para AVC caiu de 39,5 para 35,2 mortes por grupo de 100 mil habitantes do sexo feminino. Já as doenças cardíacas apresentaram queda de 55 para 51,6 óbitos por 100 mil mulheres. O período analisado foi de 2010 e 2016.

 

Para o cálculo desses números, o estudo Saúde Brasil utilizou as populações publicadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); e para a taxa padronizada, o Censo Brasileiro de 2010.

 

Apesar da queda, as duas doenças continuam sendo as que mais matam a população feminina na faixa dos 30 aos 69 anos. Somando todas as idades (de 5 a mais de 70 anos), as doenças cardíacas, derrame, Alzheimer, infecções respiratórias e o diabetes são as cinco principais causas de óbitos entre as mulheres.

 

Das cinco moléstias, quatro são Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNTs), as quais possuem quatro fatores de risco em comum: tabagismo, atividade física insuficiente, uso nocivo do álcool e alimentação não saudável, sendo que todas essas causas são preveníveis.

 

RAIO X – O levantamento apontou que, na população com faixas etárias entre 30 e 69 anos e com mais de 70 anos, as doenças cardíacas isquêmicas apresentaram as maiores taxas de mortalidade, em todas as regiões do país, tanto nos homens como nas mulheres. Já o Acidente Vascular Cerebral ocupou o segundo lugar no ranking das principais causas de óbitos entre as brasileiras de todas as regiões e entre os brasileiros do Sul e do Sudeste, com idades entre 30 a 69 anos.

 

Nas demais localidades, as causas externas (acidentes de trânsito e agressões) ocuparam as segunda e terceira posições, nesta mesma faixa de idade.

 

O QUE É AVC –  É uma doença crônica não transmissível, uma das principais causas de morte, incapacidade adquirida e internações em todo o mundo. O problema acontece quando vasos que levam sangue ao cérebro entopem ou se rompem, provocando a paralisia da área cerebral que ficou sem circulação sanguínea. É uma doença que acomete mais os homens do que as mulheres.

 

Da Agência Saúde, com Ministério da Saúde

Artes: Rafael Ottoni/Saúde-DF