Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/05/19 às 14h40 - Atualizado em 10/05/19 às 14h58

Trio de sopros leva a suavidade da música à manhã da UPA de Samambaia

COMPARTILHAR

Evento integra o projeto Concertos da Saúde e alegrou pacientes e servidores

 

“Dá uma sensação de paz, calma e harmonia”. Foi assim que a farmacêutica Andreia Freitas descreveu o momento em que o trio de sopros da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional se apresentava. Os músicos tocaram clarineta, fagote e oboé para servidores e pacientes da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Samambaia, na manhã desta sexta-feira (10).

 

Para a diretora substituta da Atenção Secundária da Região de Saúde Sudoeste, Janaina Rasmussen, “este é um excelente projeto. Ouvir as músicas instrumentais é muito agradável. Quebra o clima de doenças da unidade e muda até a rotina de trabalho, acalmando servidores, residentes e pacientes”.

 

Por cerca de uma hora, quem estava na UPA pode ouvir os clássicos nacionais e internacionais, executados por Renata, na clarineta; Sergey, no flagote; e Vasco, no oboé. “Se todos os dias fossem assim…”, suspira a enfermeira Andreia, que, de dentro da pequena sala onde trabalha, ouvia as músicas executadas com maestria.

 

Os músicos tiveram, ainda, a preocupação de tocar em dois ambientes diferentes da UPA de Samambaia para que também os pacientes acamados pudessem aproveitar o momento musical.

 

O evento faz parte do projeto Concertos da Saúde, uma parceria entre as secretarias de Saúde e de Cultura. A iniciativa começou no ano passado e passou por 15 hospitais da rede pública. Em 2019, a prioridade será UPAs e as unidades básicas de saúde (UBS).

 

 

Josiane Canterle, da Agência Saúde

Fotos: Breno Esaki/Saúde-DF