Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/02/13 às 13h01 - Atualizado em 30/10/18 às 14h57

Açúcares e carboidratos podem viciar

 Em Sobradinho grupo Peso Saudável trata dependência

 

Você sabia que carboidratos de alto índice glicêmico, como açúcar refinado, pão branco, batata e arroz podem causar dependência? De acordo com a endocrinologista do Hospital Regional de Sobradinho (HRS), Françoise Cancio, esses alimentos atuam sobre neurotransmissores, como dopamina e serotonina, e o seu consumo excessivo pode estabelecer novas conexões no sistema neurológico. Dessa forma, os indivíduos ficam vinculados a esses alimentos, tornando-se dependentes alimentares.

Atualmente, quase metade da população brasileira está acima do peso e, na maioria das vezes, a variação é causada pela dependência alimentar e pela ansiedade. Segundo dados da pesquisa Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), divulgada em 2012 pelo Ministério da Saúde, 49% das pessoas entrevistadas sofrem com esse problema. No Distrito Federal, são obesos 15% da população e 49% estão com sobrepeso.

De acordo com Fraçoise, “essas pessoas precisam aprender a relaxar sem recorrer a comida para tratar a ansiedade”. Nesse sentido, a regional de Saúde de Sobradinho criou, em agosto de 2012, o grupo Peso Saudável. O acompanhamento consiste em reuniões mensais, com enfoque nas estratégias para o tratamento da dependência alimentar, além de realizar consultas individuais com endocrinologista a cada dois ou três meses. Em todos os encontros é feita a pesagem do paciente.

O grupo já acompanha mais de 50 pacientes com dependência alimentar. Para participar, é necessário apresentar o encaminhamento de um endocrinologista do HRS.

Márcia Noelha está no grupo deste que ele foi criado e já sentiu os benefícios. “É muito bom ouvir as pessoas e tomá-las como exemplo. No começo foi muito difícil para mim, era dependente mesmo. Roia minhas unhas e me trancava no quarto para conseguir ficar sem comer compulsivamente. Mas agora consigo seguir a dieta e já emagreci 11 quilos”, relata a paciente.

Para Daniela Batista, que também está sendo acompanhada, “a melhor coisa do grupo  é que a gente aprende a se alimentar corretamente, a viver bem e recebe um retorno de tudo isso. Eu perdi 10 quilos em quatro meses”, comemora Daniela.

Os sintomas mais comuns da ansiedade, um dos maiores responsáveis pelo sobrepeso, são: Incapacidade de relaxar, taquicardia, muito suor, tremor ou agitação, dormência/ formigamento, falta de ar ou sensação de asfixia, medo de perder o controle e insegurança, náuseas, tonturas e dificuldade para dormir.

Caso você esteja acima do peso e sinta, com frequência, a maioria desses sintomas, você deve procurar profissionais especialistas nas áreas da Endocrinologia, Nutrição, Saúde Mental para uma consulta.

Descubra se você está com sobrepeso

Indivíduos com sobrepeso são aqueles que têm o Índice de Massa Corporal (IMC) entre 25 e 29,9 kg/m² (exceto em crianças, idosos ou gestantes). São considerados obesos os que têm 30 kg/m² ou mais. O IMC é obtido dividindo-se o peso da pessoa pela sua altura ao quadrado.

Rafaela Marrocos