Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/08/21 às 10h30 - Atualizado em 9/08/21 às 9h28

Agosto Dourado: campanha ganha reforço nas maternidades e bancos de leite do DF

Unidades são decoradas para lembrar a importância da amamentação nas primeiras horas de vida da criança

 

ADRIANA SILVA, DA AGÊNCIA SAÚDE-DF

 

As maternidades e bancos de leite das unidades da rede pública de saúde do Distrito Federal estão no clima da campanha Agosto Dourado – que conscientiza sobre a importância do aleitamento materno. Com balões, cartazes e adereços, os espaços foram decorados com a cor do movimento mundial.

 

Banco de Leite do Hospital Regional de Taguatinga – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

“Unidades de Saúde, maternidades e bancos de leite humano estão se mobilizando para essa data e é isso que a Secretaria de Saúde deseja: que todos os profissionais estejam envolvidos tanto na divulgação quanto na orientação a cada paciente”, explica a coordenadora de Políticas de Aleitamento Materno e dos Bancos de Leite Humano do DF, Miriam Santos.

 

As campanhas de divulgação e a decoração hospitalar já fazem parte da rotina anual dos servidores da Secretaria de Saúde do DF. As equipes multidisciplinares que atuam nessas unidades orientam as mulheres a amamentarem seus bebês logo após o nascimento.

 

Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

 

Estudos evidenciam que a amamentação nas primeiras horas de vida da criança tem um efeito protetor. O primeiro leite que a mãe produz, o colostro, que é rico em proteínas e anticorpos, e pode ser considerado a primeira “vacina” do bebê, pois confere proteção e tem papel fundamental no desenvolvimento do sistema imunológico do recém-nascido.

 

O colostro tem uma cor amarelada, bem mais escura que a coloração normal do leite humano. Ele  poderia até ser chamado de ouro líquido, devido a importância que ele confere a saúde do bebê. Por se tratar de algo tão importante no início da vida, o incentivo e o apoio a todas as mães é fundamental.

 

Maternidade do Hospital Regional de Ceilândia – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

 

Satisfação de quem recebe o cuidado

 

Agradecida pela assistência recebida no Hospital Regional de sobradinho, desde o último dia 4 de agosto, quando o pequeno Samuel veio ao mundo, Ana Carolina Oliveira, de 25 anos, fala da experiência positiva que viveu com todo amparo da equipe multiprofissional e considera como positivo o apoio e orientação que recebeu para que o filho pegasse o peito de maneira correta e sem dor.

 

Ana Carolina e Carlos, pais do pequeno Samuel – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

“Não foi fácil, mas com a ajuda das enfermeiras, meu bebê pegou o jeito rápido e já está mamando da maneira correta. Eu aconselho as mãezinhas que acabaram de ganhar seus bebês, assim como eu, que não desistam, porque é um momento lindo, ver o bebê olhando para você, sentindo seu cheiro, o calor, isso é muito importante”, conta Carolina.

 

A campanha Agosto Dourado também incentiva a família a apoiar e ajudar nesse momento. É o caso de Carlos Lopes, marido de Ana Carolina que pôde acompanhar todo o processo de iniciação na amamentação do filho Samuel. “Quero estar perto e ajudando minha esposa em qualquer dificuldade que possa surgir. O mais difícil só ela poderá fazer, mas eu quero apoiar no que eu conseguir”.