Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/11/13 às 19h15 - Atualizado em 30/10/18 às 15h09

Taguatinga ganha unidade de pronto atendimento em Clínica Médica

COMPARTILHAR

Serviço funciona também na Asa Norte e no Núcleo Bandeirante

Moradores de Taguatinga que fazem tratamento no Centro de Saúde Nº06, contam com atendimento diferenciado em clínica médica e pediatria. Pacientes que apresentarem sintomas como dor de cabeça, garganta inflamada, suspeita de dengue e Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST/AIDS) são atendidos por meio de agenda aberta, sem necessidade de marcação de consulta.

“A agenda aberta visa o atendimento do paciente que é classificado como verde e azul. Esse serviço já funciona na Asa Norte e Núcleo Bandeirante”, disse o secretário de Saúde, Rafael Barbosa, que esteve no Centro de Saúde 6 nesta terça-feira (05).

Após a reabertura do período de manutenção estrutural do centro, há 11 dias, a unidade realizou 280 consultas, com média de 26 pacientes/dia. Para atender ao paciente classificado como azul e verde (Classificação de Risco), o centro conta com equipe de profissionais formada por 02 clínicos médicos, 02 pediatras, 01 enfermeiro e 06 técnicos de enfermagem.

“Há trinta anos sou paciente deste centro de saúde. Aqui faço o acompanhamento da minha pressão alta e diabete. O atendimento é maravilhoso e na farmácia pego os meus remédios”, disse a paciente Maria das Graças Maia, que é moradora de Taguatinga Sul e presidente da Associação de Moradores da cidade.

Além da agenda aberta, o centro oferece atendimento em hipertensão arterial, diabete, ginecologia (prevenção e pré-natal), pediatria (programa de crescimento e desenvolvimento). Para realizar esses serviços, a unidade conta com 04 clínicos médicos, 03 pediatras, 03 ginecologistas, 04 enfermeiros, 19 técnicos de enfermagem, 02 cirurgiões dentistas, 02 técnicos de higiene dental, 01 assistente social e 01 nutricionista.

Entenda a Classificação de Risco:

O Protocolo de Manchester de Classificação de Risco, preconizado pelo Ministério da Saúde, tem como objetivo acolher o paciente, avaliar a sua necessidade clínica e atendê-lo de acordo com a urgência do caso, classificando-o por cores: azul (não urgente); verde (pouco urgente); amarela (urgente); laranja (muito urgente) e vermelha (emergência).

Para facilitar o atendimento ao cidadão, diminuir o tempo de espera nas emergências dos hospitais, a população pode procurar na internet onde há atendimento nos demais centros de saúde, pelo endereço eletrônico: saudeparatodosdf.com.br

Por Claudete Nascimento, da Agência Saúde DF
Atendimento à Imprensa
(61) 3348-2547 /2539 e 9862-9226

Leia também...