Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/08/20 às 11h00 - Atualizado em 19/08/20 às 8h38

Atendimentos odontológicos continuam mesmo durante a pandemia

COMPARTILHAR

Equipes estão adequando forma de atender para evitar contaminação e manter serviços

 

JURANA LOPES, DA AGÊNCIA SAÚDE DF

 

Mesmo com a pandemia do novo coronavírus e os riscos de contaminação durante os procedimentos, por conta dos aerossóis produzidos, os atendimentos odontológicos continuam ocorrendo, porém, com maior cuidado, em toda a rede.

 

Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

“O papel da Odontologia durante a pandemia da Covid-19 é continuar prestando assistência odontológica aos usuários do SUS, adequando sua forma de trabalho para atender de maneira segura mesmo diante desta pandemia”, informa a Referência Técnica Distrital (RTD) em Saúde Bucal da Secretaria de Saúde, Alessandra Fernandes de Castro.

 

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) têm priorizado os atendimentos de urgência e emergência, visando minimizar/evitar os riscos de agudização e agravamento das demandas odontológicas que necessitam de atendimento imediato. As equipes de saúde bucal também entregam os kits de higiene bucal e orientam os usuários quanto à importância da higienização bucal no combate à Covid-19.

 

Nos Centros de Especialidades Odontológicas foram priorizados os atendimentos de emergências e urgências de média complexidade, dando suporte também para as unidades hospitalares.

 

“Os serviços odontológicos terciários, como os das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) foram intensificados, aumentado a assistência aos pacientes já diagnosticados com a Covid-19, minimizando os riscos de eventuais complicações por bactérias da cavidade bucal”, explica.

 

Segundo a RTD, também houve aumento, após a pandemia, do serviço de trauma de face, da cirurgia bucomaxilofacial, que mantém os atendimentos de urgência e emergência de traumas.

 

Suporte à Covid

 

Na UBS 1 da Asa Sul (612 Sul), os profissionais da odontologia continuam atendendo demanda espontânea e urgências odontológicas. Além disso, eles ajudam na realização de teste rápido para detecção da Covid-19, coletam swab e auxiliam na demanda da sala de vacina.

 

“Eles estão ajudando muito na unidade, ainda mais na pandemia, em que estamos, algumas vezes, com déficit de pessoal. Esse suporte é excelente, tem sido de grande valia”, avalia o gerente da UBS 1 da Asa Sul, Marcus Limeira.

 

EDIÇÃO: JOHNNY BRAGA

REVISÃO: JULIANA SAMPAIO