Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/11/17 às 19h59 - Atualizado em 30/10/18 às 15h18

Biblioteca da Fepecs é reaberta

COMPARTILHAR

 Acervo da unidade é de 28.643 exemplares

BRASÍLIA (6/11/17) – Com acervo de 11.413 títulos, que totalizam 28.643 exemplares, a Biblioteca Central da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs) foi aberta, nesta segunda-feira (6), novamente à comunidade acadêmica e aos servidores da unidade. O espaço estava interditado pela Defesa Civil desde dezembro de 2016 por apresentar falhas estruturais no prédio que abrigava os livros, mesas de estudo e computadores.

O problema foi detectado, em março de 2016, após avaliação feita pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) que apontou risco de desabamento da estrutura. O valor total da reforma foi de R$ 222.514,34, recursos da própria Fepecs. Além de elaborar o projeto de reestruturação, realizar a licitação, a Novacap acompanhou a realização das obras, finalizadas em setembro deste ano.

SOLENIDADE – A reinauguração do espaço teve a presença do secretário de Saúde, Humberto Fonseca, da  do coordenador da Biblioteca Central, Maurício Marques, além de alunos, professores e servidores da instituição.                                                                                                                   

Maria Dilma Teodoro, diretora-executiva da Fepecs

Em seu discurso, Fonseca parabenizou toda a comunidade acadêmica pelo esforço empregado durante as obras para que o processo de reforma terminasse mais rápido. “Estamos falando da biblioteca que apresenta a melhor estrutura física em termos de espaço e instalações para estudo”, completou o gestor.

Na ocasião, Maria Dilma ressaltou que a unidade é considerada uma biblioteca universitária especializada em Ciências da Saúde e atende às três unidades de ensino mantidas pela Fepecs – a Escola Superior de Ciências da Saúde (Escs), a Escola Técnica de Saúde de Brasília (Etesb) e a Escola de Aperfeiçoamento do Sistema Único de Saúde (Eapsus).

“Recebemos, mensalmente, uma média de 300 estudantes. Agora, com a biblioteca inaugurada, nosso projeto para 2018 é ampliar o horário de funcionamento da unidade que hoje funciona de 8h às 18h”, esclarece a diretora.

NOVOS PROJETOS – Na cerimônia de reabertura, Maurício Marques apresentou aos alunos o novo site da unidade. “Fizemos uma reformulação, de forma a oferecer mais conteúdo informativo e de qualidade aos nossos estudantes. Para o ano que vem, pretendemos entregar aos alunos um banco de dados virtual de todas as teses e artigos científicos”, explicou.

Confira a galeria de fotos