Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/06/20 às 20h44 - Atualizado em 19/06/20 às 10h06

Vigilância Sanitária faz ação em Ceilândia, Sol Nascente e Pôr do Sol

Com apoio do DF Legal, ação tem por objetivo fiscalizar cumprimento de medidas sanitárias

 

DA AGÊNCIA SAÚDE*

 

Fotos: Breno Esaki/Agência Saúde

Ceilândia, Sol Nascente e Pôr do Sol receberam uma grande ação da Vigilância Sanitária e do DF Legal, nesta quinta-feira (18), para fiscalizar o cumprimento das medidas sanitárias no comércio das regiões. A Força-Tarefa ocorrerá durante três. As equipes irão intensificar as ações nos dois locais que estão entre os recordistas de casos de coronavírus no DF. O uso obrigatório de máscaras de proteção, medidas de segurança sanitária, funcionamento das feiras e as atividades de ambulantes estão entre os alvos da fiscalização.

 

Ao todo, a ação reúne 13 órgãos do Governo do Distrito Federal, como o Procon, Secretaria de Mobilidade, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Governo e outros. Hoje, quatro equipes dividiram-se entre as 2 cidades.

 

“Orientamos a associação dos feirantes sobre as regras e cuidados que devem ser cumpridos para que as feiras continuem abertas. Também orientamos sobre as medidas sanitárias que devem ser seguidas, como medição de temperatura, uso de álcool em gel, dentre outras práticas”, explica Sandro Souza Cardoso, auditor de Atividades Urbanas da Vigilância Sanitária.

 

Gerente de uma loja de produtos eletrônicos, Renata Aguiar mostrou aos fiscais as medidas tomadas pelo estabelecimento e elogiou a medida.

 

“Aqui nós fazemos reuniões semanais e videoconferências, e explicamos todas as medidas de distanciamento, higienização. O trabalho da fiscalização é muito importante, para que os comerciantes entendam que temos que ajudar a conter essa doença”, explicou.

 

Auditores do DF Legal flagraram três pessoas sem máscara em Ceilândia. A abordagem foi feita e duas delas estavam com o equipamento no bolso. Um terceiro colocou no mesmo momento a máscara doada pelo GDF. “A população além da conscientização, precisa nos ajudar a fiscalizar. Orientar dentro de casa, na rua onde mora, sobre a obrigatoriedade do uso da máscara. Agora, quem resistir em usar, o DF Legal vai aplicar o auto de infração”, explica o secretário Gutemberg Tosatte.

 

A operação segue nesta sexta e sábado em vários pontos das 2 cidades. O balanço mais recente registra cerca de 65 mil pessoas abordadas e 61 mil vistorias em comércios de todo o Distrito Federal. Quatro pessoas e um estabelecimento foram multados por descumprirem a norma do uso da máscara. Cerca de 800 comércios foram fechados por não cumprirem as normas de segurança sanitárias. E 118 interditados por não estarem autorizados a funcionar, de acordo com o que prevê o Decreto 40.817/20.

 

* Com informações do DF Legal