Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/04/13 às 21h55 - Atualizado em 30/10/18 às 15h05

Seis mil kits de saúde bucal vão ser distribuídos em todo DF

COMPARTILHAR

Bonecos de pelúcia vão chamar a atenção para cuidados com os dentes

A gerência de Odontologia da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES/DF) inicia em dois meses a distribuição de seis mil kits de saúde bucal em todo Distrito Federal. A nova estratégia de ações preventivas e educativas de saúde bucal também utilizará material educativo como fantoches, manequins e modelos demonstrativos de evolução da cárie dentária e doença periodontal.

Outra novidade são os 200 bonecos de pelúcia – tigres, jacarés, ursos e coelhos – 50 fantasias de dentinho e os 50 kits com seis fantoches representando o creme dental, escova dental, fio dental, dentinho, bicho da cárie e o dentista, que servirão de modelo para ensinar a higiene bucal e a evolução das principais doenças que afetam a boca como a cárie e doenças periodontais.

O material educativo será distribuído nos centros de saúde, equipes de saúde da família e de saúde bucal da SES em todo DF. Os kits de higiene bucal, que contém escova, pasta e fio dental, também serão distribuídos gratuitamente à população. Já Os bonecos e os modelos de arcada dentária servirão para ilustrar as ações preventivas e auxíliar as equipes de saúde bucal em ações nos Circuitos da Saúde, hospitais, centros de saúde e Programa de Saúde Escolar (PSE).

O gerente de Odontologia/SAS/SES, cirurgião-dentista, Sérgio Timóteo da Silva Mata, esclarece que “a higiene bucal é um componente fundamental da higiene corporal das pessoas, mas realizá-la adequadamente requer aprendizado”.

Segundo ele, “a situação epidemiológica brasileira ainda é grave devido às condições sociais e econômicas da população e à falta de informação sobre os cuidados básicos de saúde. Nesse contexto, a educação em saúde bucal tem sido cada vez mais requisitada, considerando o baixo custo e as possibilidades de impacto odontológico no âmbito público e coletivo”.

Atualmente, a SES conta com 467 cirurgiões-dentistas distribuídos na atenção primária, hospitais e Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs).
A porta de entrada para saúde bucal é o centro de saúde mais próximo de sua residência. Todos os centros têm atendimentos odontológicos para todas as faixas etárias da população, informa o gerente.

Para Sérgio Mata, a rede pública dispõe de centros de saúde que realizam procedimentos educativos e preventivos – aplicação do flúor, escovação e uso do fio dental -; restauração dentária; limpeza; extração. “Havendo necessidade de procedimentos especializados o dentista do centro de saúde encaminhará o paciente para um dos 10 Centros Especializados de Odontologia do DF”, informa o especialista.

No CEO é realizado tratamento de canal, cirurgia oral menor (extração de sisos, terceiros molares, remoção de cistos bucais), tratamento avançado das gengivas (periodontia), diagnóstico de câncer bucal e atendimento bucal ao paciente com necessidades especiais ou com deficiência.

Sérgio Mata esclarece ainda, que em alguns CEOs são oferecidas outras especialidades como tratamento da disfunção temporomandibular (dores nas articulações da mandíbula).

Júlio Duarte

Leia também...