Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/09/13 às 21h22 - Atualizado em 30/10/18 às 15h06

Cadastramento de servidores de Ceilândia no ponto eletrônico começa nesta terça-feira

COMPARTILHAR

Cerca de 2740 funcionários terão registro para controle de freqüência ao trabalho

Começa nesta terça-feira (10) o cadastramento dos cerca de 2740 servidores da Coordenação Geral de Saúde de Ceilândia (CGSC), para uso do registro de freqüência ao trabalho por meio do ponto eletrônico. Haverá horários especiais para atender os profissionais que trabalham à noite e nos finais de semana.

“Acreditamos que não vamos ter resistência por parte dos servidores, pois aqueles que cumprem sua jornada de trabalho não sentirão diferença com relação ao horário de expediente”, relata Aridan Fernandes, gerente de Pessoal da CGSC.

Na CGSC serão instalados 18 pontos para registro de freqüência – quatro no Hospital Regional de Ceilândia na entrada de servidores e na portaria principal, um em cada centro de saúde, Centro de Atenção Psicossocial e laboratório regional.

“Até o dia 29 de setembro faremos o cadastramento dos servidores com coleta de digitais e fotografia, a parte de infraestrutura está sendo concluída. Na segunda quinzena deste mês teremos a instalação dos coletores (relógio digital) e os novos crachás devem chegar em meados de outubro”, informa Aridan Fernandes. O funcionamento efetivo do ponto eletrônico está previsto para dezembro.

Para maiores informações, o servidor de Ceilândia pode contatar a Gerência de Pessoal através do telefone: 3471-9048.

O ponto eletrônico na Secretaria de Saúde –
Segundo informações da gerência de Monitoramento, Avaliação do Trabalho dos Profissionais da Secretaria de Saúde (SES), de janeiro a agosto mais de 11.500 servidores foram cadastrados. A Administração Central da SES foi o primeiro setor a utilizar o ponto eletrônico para registro de freqüência, em outubro de 2012. Em seguida vieram Hospital de Base (HBDF), Coordenação Geral de Saúde da Asa Norte – Hospital Regional da Asa Norte (Hran) e centros de saúde, Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib) e centros de saúde da Asa Sul, Subsecretaria de Vigilância Sanitária (SVS) e Laboratório Central (Lacen).

O controle eletrônico de frequência está em fase de implantação nas regionais de saúde do Guará, Núcleo Bandeirante, Candangolândia e Riacho Fundo, Sobradinho, Planaltina e Instituto de Saúde Mental (ISM). No mês de outubro, têm início os testes do ponto das regionais de saúde de Taguatinga, Samambaia, do Recanto das Emas e Hospital São Vicente de Paulo (HSVP).

Em novembro, será a vez dos servidores das regionais de Ceilândia e Brazlândia utilizarem a frequência eletrônica e depois Paranoá, Gama, Santa Maria e São Sebastião.

Regina Célia

Leia também...