Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/04/21 às 13h29 - Atualizado em 13/04/21 às 15h40

Cães e gatos estão aptos para adoção na Zoonoses

COMPARTILHAR

Em 2020, foram 516 animais adotados no canil e no gatil da Vigilância Ambiental

 

ADRIANA SILVA, DA AGÊNCIA SAÚDE-DF

 

Ter um animal de estimação em casa para muitos pode servir de proteção e segurança, mas, em alguns casos, a companhia de um animalzinho é muito mais do que isso. Eles tornam-se membros da família com o passar dos anos, costumam ser fiéis e amáveis com seus donos e são boas companhias para idosos e crianças. E, para quem ainda não tem um animalzinho ou deseja incluir mais um membro peludo na família, uma boa iniciativa é adotar.

 

O canil e o gatil da gerência de Zoonoses da Secretaria de Saúde possui 24 animais para adoção, sendo 20 cães e 4 gatos. Em meio à pandemia e a uma rotina de isolamento social, ter a companhia de um pet reduz a solidão e traz alegria para a casa.

 

Cães e gatos estão aptos para adoção na gerência de Zoonoses do DF – Foto: Geovanna Albuquerque / Agência Saúde

Rodrigo Menna, diretor da Zoonoses, explica que todos os animais que chegam até o local são diagnosticados e tratados. Muitos deles são encaminhados por veterinários já com diagnóstico atestado, muitos com leishmaniose e cães em observação de raiva. Entretanto, todos que são disponibilizados para adoção estão livres de doenças e aptos para ganharem um novo lar.

 

“Aqui os animais são tratados, vermífugados e vacinados. Nos cães são feitos exames de leishmaniose visceral, aplicada vacina antirrábica e vermífugo. Já nos felinos é feito o exame de Fiv (Vírus da Imunodeficiência Felino) vacina e vermífugo, e só então são oferecidos à comunidade em forma de adoção”, observa.

 

2020

 

Em 2020 a gerência de Zoonoses acolheu 819 animais, sendo 662 cães e 157 gatos. Deste total, 405 cães e 111 gatos já foram doados. Com a pandemia de Covid-19, o número de adoções cresceu no Distrito Federal. Entre janeiro e setembro de 2020, o número de adoções registradas pela Zoonoses foi maior que o dobro do registrado em todo o ano anterior, quando a pandemia não havia chegado ao país.

 

Para adotar um pet é preciso fazer um cadastro no site, fazer uma entrevista e ser maior de 18 anos. Após esses 3 passos, o interessado pode visualizar as fotos dos animais que estão disponíveis para adoção e, gostando de algum deles, agendar a visita para conhecer seu futuro amiguinho. A zoonoses fica no SAIN, s/n lote 04 Asa Norte, telefone: 3341-2456.

 

Cães e gatos estão aptos para adoção na gerência de Zoonoses do DF – Foto: Geovanna Albuquerque / Agência Saúde

Para retirada do animal, após adoção, é preciso levar documento de identidade, CPF, uma coleira no caso de adoção de um cãozinho ou caixa apropriada se for um gatinho. O responsável pela adoção do animal deverá assinar um termo de responsabilidade se comprometendo a cuidar do animal.

 

A adoção deve ser uma atitude pensada e acordada com toda família, pois é responsabilidade de todos proporcionar ao animal carinho, alimentação e cuidados.

 

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS:

 

Leia também...